Imobiliário
Em Destaque

O que são os fundos imobiliários?

Já ouviu falar de fundos imobiliários? Explicando de forma simples, fundos de investimento imobiliário são formas de investir no mercado imobiliário em conjunto com outras pessoas, formando um fundo comum com todos os investimentos feitos pelos envolvidos. Estes fundos imobiliários funcionam de forma coletiva, sendo habitualmente utilizados para construção de imóveis, compra de habitações, arrendamento ou revenda.

O objetivo do fundo imobiliário é potenciar os lucros, que são divididos de igual forma por todos os investidores, em congruência com o investimento feito por cada um.

Quais as vantagens investir em fundos imobiliários?

Se pretende fazer um investimento imobiliário, aqui tem uma oportunidade de apostar num tipo de investimento que lhe pode trazer inúmeras vantagens. Enumeramos as principais:

  • Gestão por parte de profissionais: A vantagem principal de investir em fundos imobiliários é que a gestão do capital é feita por especialistas no mercado imobiliário. A prioridade das entidades gestoras é procurar oportunidades de investimento interessantes para gerar o máximo lucro para os investidores.
  • Acessibilidade no investimento: Para investir num fundo imobiliário, pode começar com uma quantia baixa. Ao invés de comprar diretamente um imóvel, em que obrigatoriamente tem de investir uma elevada quantia de dinheiro, os fundos imobiliários concedem-lhe a oportunidade de começar por um valor mais baixo.
  • Isenção do imposto de renda: Esta é uma das vantagens mais atrativas para quem procura investir em imobiliário. Os rendimentos distribuídos em forma de dividendos são isentos do imposto de renda.
  • Praticidade e simplificação: Esta forma de investimento oferece praticidade e simplifica quaisquer burocracias que necessitem de ser resolvidas, pois a pessoa singular não precisa de se preocupar, visto que toda a gestão é feita por profissionais.

Tipos de fundos imobiliários

Destacam-se três tipos de fundos de investimento imobiliário, sendo eles:

  • Fundos de investimento abertos: este tipo de fundo permite unidades de participação em número mutável, dependendo da procura existente no mercado no momento.
  • Fundos de investimento fechados: este tipo de fundo obriga à participação em número fixo, sem quaisquer variáveis.
  • Fundos de investimento mistos: neste tipo de fundo juntam-se as duas opções acima, sendo que existem então duas unidades de participação: fixo e variável.

Para mais informação pode consultar o Regime Jurídico dos Fundos de Investimento Imobiliário.

fundo imobiliario portugal

Como criar um fundo de investimento imobiliário

Se não sabe como investir em fundos imobiliários, introduzimos-lhe as SIGI.

As SIGI (Sociedades de Investimento e Gestão Imobiliária) são sociedades anónimas com morada fixa em Portugal, intituladas geralmente de “SIGI, S.A.”. As SIGI têm obrigatoriamente de ter um capital mínimo de 5 milhões de euros em ações.

As principais funções destas sociedades são:

  • Adquirir direitos de propriedade ou outros direitos semelhantes sobre bens imóveis para arrendar ou explorar de outra forma economicamente;
  • Adquirir participações em fundos de investimento imobiliário;
  • Adquirir unidades de investimento ou ações de organizações de investimento imobiliário.

Ao fazer parte de uma SIGI pode criar o seu fundo de investimento imobiliário juntamente com outros investidores que aglomeram o seu capital em conjunto.

Vantagens e riscos de investir no mercado imobiliário

Investir em imobiliário deve ser uma decisão pensada e tomada com consciência das vantagens e riscos. Assim, juntámos uma lista para que possa analisar o potencial para fazer esse investimento.

Vantagens de investir em imobiliário:

  • Elevado potencial de valorização: esta é uma das vantagens principais. A valorização dos imóveis tem potencial para crescer ao longo dos anos, sendo que os imóveis podem ser vendidos muitas vezes a preços superiores que aqueles por que foram comprados.
  • Mercado sempre ativo: a habitação é um bem indispensável para o ser humano, pelo que o mercado imobiliário vai estar sempre ativo e em constante expansão, revelando ser uma área segura para investir.
  • Retorno financeiro passivo: ao investir em imobiliário consegue ter uma fonte de renda passiva constante. Um excelente exemplo disto é que através dos fundos imobiliários, são produzidos dividendos para os investidores mensalmente, sem que seja necessário que os mesmos trabalhem ativamente para receber esses lucros.

Confira as nossas dicas para investimento imobiliário seguro.

Riscos de investir em imobiliário:

  • Risco de liquidez: quer invista diretamente num imóvel, quer aposte num fundo imobiliário, a venda da cota depende do interesse de outros investidores em comprá-la, pelo que existe sempre incerteza.
  • Risco do mercado: os valores das cotas têm tendência a mudar com o passar do tempo. Tudo depende da oferta e procura, pelo que existem sempre riscos no seu investimento.
  • Risco físico: aqui entram questões relacionadas com construção. Quaisquer falhas que existam, que ponham em causa a segurança ou proteção contra acidentes como incêndios ou alagamentos representam um risco. Por isso é importante que seja feita uma boa gestão em cada projeto.

Verifique mitos sobre investimento e mantenha-se informado.

Agora que tem um esclarecimento mais aprofundado sobre investimento imobiliário, pode ponderar quais os próximos passos a dar caso queira avançar e apostar nesta fonte de rendimento.

Botão Voltar ao Topo