Organize as suas finanças para comprar a sua primeira casa

05 agosto 2020

De imovirtual

Organize as suas finanças para comprar a sua primeira casa

Comprar a primeira casa é o objetivo e o sonho de muitos. Ter casa própria, para viver sozinho ou acompanhado é uma das formas de conquistar mais liberdade e dar o verdadeiro “Grito do Ipiranga”.

No entanto, comprar casa é um passo muito importante e que envolve elevados recursos e um grande investimento ao longo de bastante tempo.

E para que o sonho não se transforme num pesadelo, a decisão deve ser ponderada e tomada com toda a calma do mundo, pois é algo que condicionará durante bastante tempo as finanças pessoais.

Nesse sentido, é essencial traçar um plano e, acima de tudo, encontrar estratégias para poupar e juntar dinheiro para que o sonho de comprar casa se torne realidade sem grandes sobressaltos.

Essencial neste processo, e algo que deve ser feito logo em primeiro lugar é conhecer as suas finanças.

Analise as suas finanças

Analisar minuciosamente os seus ganhos e gastos fixos do quotidiano, avaliar bem a compra que pretende fazer e ainda o prazo em que pretende realizar a aquisição do imóvel são os primeiros passos a dar. Na avaliação dos gastos mensais, deve ter em conta não apenas os fixos, mas também os variáveis, antecipando quanto possível, algumas situações mais extraordinárias.

Dica para poupar dinheiro

Fundamental nesta análise ao seu orçamento é calcular a quantidade de dinheiro que consegue poupar todos os meses e, se possível, agendar uma transferência bancária automática no início de cada mês da sua conta à ordem para uma outra conta, garantindo que esse valor fica guardado.

Nunca se esqueça que poupar dinheiro para comprar casa exige grande organização, pelo que é essencial controlar os gastos diários, evitando compras desnecessárias e por impulso.

Defina prioridades financeiras

Por isso, é determinante definir as prioridades financeiras.

Este é um momento muito importante porque vai mostrar com mais clareza o seu plano financeiro e ajudar a traçar metas mais ajustadas à sua realidade e necessidades.

Tendo conhecimento mais concreto das suas finanças, deve definir as prioridades, elaborando uma lista das metas financeiras a curto, médio, longo prazo e observando o prazo para cada uma dessas realizações.

Pensar a prazo é uma estratégia fundamental, pois não deve descartar, por exemplo, a hipótese de no futuro querer vender a casa que agora pretende adquirir. Nesse sentido, deve dedicar especial atenção à localização do imóvel, não apenas pelo valor que irá vender, mas também na facilidade em encontrar potenciais compradores.

Por outro lado, não esquecer que, em regra geral, imóveis mais bem localizados pagam mais de IMI. Aqui, deve consultar o coeficiente de localização do IMI junto das Finanças. E também pode consultar o nosso artigo para saber tudo sobre este imposto.

Na escolha da localização da casa que pretende comprar, para além destes aspetos, deve ainda ter em conta a rede de transportes disponíveis, pois pode ter aí mais uma fonte de poupança.

Para além de poupar dinheiro, gastando menos, pense sempre em ganhar mais. Use a imaginação e ponha em prática as suas habilidades e conhecimentos.

Comprar casa não implica apenas o gasto com o imóvel. A decoração, a documentação, a escritura, o mobiliário, os eletrodomésticos, entre outras coisas, são custos inerentes à compra de casa. Por isso, é necessário ter algum dinheiro de lado para cobrir estas despesas.

Ultima actualização: 05 agosto 2020

Partilhar