Para recorrer a financiamento, neste caso, ao Crédito Habitação é necessário passar por várias etapas e reunir uma série de documentos em cada uma delas. Se está à procura do empréstimo ideal para si, para conseguir comprar o imóvel que deseja, conheça todos os passos deste processo.

 

1.ª Etapa: Pesquisa

Sabe como funciona o Crédito Habitação? Para evitar comprometer-se com uma prestação mensal acima daquela de que necessita, existe um comparador online que lhe permite comparar as ofertas de todos os bancos, de acordo com várias informações que terá de inserir, tais como:

  • Valor do imóvel;
  • Percentagem que lhe é possível disponibilizar para a entrada da casa;
  • Prazo de reembolso pretendido;
  • Situação profissional.

Ajustar os filtros ao seu perfil irá permitir personalizar a análise. Assim, a equipa de apoio ao cliente poderá obter as propostas mais adequadas ao perfil de cada cliente junto dos diferentes bancos. Este serviço é gratuito e independente, e visa conferir aos clientes não só uma maior transparência na escolha do crédito, como também uma maior eficiência na gestão do processo de solicitação do mesmo.

 

2.ª Etapa: Simulação

Após pesquisar sobre as ofertas do mercado e chegar a uma proposta interessante, comece por agendar uma reunião com o banco escolhido, para apresentar o seu caso pessoalmente, entregar as informações necessárias para fazer a simulação do crédito e conhecer todas as condições associadas ao crédito. Aqui, é necessário apresentar documentação como a declaração IRS, Cartão de Cidadão, nota de liquidação, contrato de arrendamento (caso seja aplicável), contratos de trabalho, declaração de efetividade (se aplicável), recibos de vencimento e extratos bancários dos últimos três meses, mapa de responsabilidades do Banco de Portugal, cópia do contrato de promessa compra e venda (caso já tenha), entre outros documentos.

 

3.ª Etapa: Decisão

A instituição financeira na qual apresentou interesse em fazer o Crédito Habitação irá analisar detalhadamente toda a documentação que forneceu na etapa anterior. Deste modo, irá encontrar uma solução adequada ao seu caso e às suas necessidades. Aqui, é analisada a sua capacidade financeira e as suas responsabilidades de crédito, através da Central de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal. Em poucos dias, ser-lhe-á comunicada a decisão do banco – se conseguiu ou não o crédito.

 

4.ª Etapa: Avaliação do Imóvel

Depois do crédito ser aprovado pelo seu banco, é necessário fazer a avaliação do imóvel. É neste momento que se determina se o imóvel corresponde ao valor solicitado para empréstimo, isto é, se o imóvel tem os requisitos necessários para ser financiado pelo valor que solicitou ao banco. Nesta fase, podem ser solicitados novos documentos, entre os quais, o Registo Predial.

 

5.ª Etapa: Escritura

Esta é a última fase do processo de financiamento e de compra de casa. Antes da Escritura, terá oportunidade de ler e validar a FIN e dos documentos necessários para a escritura, assinar as apólices dos seguros associados ao crédito e escolher a data para a realização da Escritura.

Na data agendada anteriormente, todos os intervenientes da compra e venda do imóvel têm de comparecer no local combinado – Cartório Notarial ou Conservatória do Registo Predial – para proceder à Escritura. Depois disto, basta assinar o contrato que o tornará proprietário da habitação, a casa é sua! A documentação necessária nesta etapa é, entre outras, a documentação civil e fiscal de dos intervenientes, a identificação de registo e matricial do imóvel, a licença de utilização, o certificado energético e o comprovativo de pagamento do IMT.