Requalificação do quarteirão do Bairro Alto prevê ter 45 casas de Renda Acessível

19 novembro 2020

De imovirtual

Requalificação do quarteirão do Bairro Alto prevê ter 45 casas de Renda Acessível

O quarteirão entre a Rua do Diário de Notícias e a Rua do Norte, no Bairro Alto, irá ter 45 apartamentos no Programa Renda Acessível, assim que seja recuperado pela Câmara de Lisboa. 

O concurso será lançado em 2021, num “investimento municipal de 8 milhões de euros”, revelou a autarquia em comunicado. 

Estas casas “vão assegurar habitação no centro da cidade a jovens e famílias de classe média”, informa a autarquia. Fernando Medina recordou que os valores serão no máximo um terço do rendimento líquido do agregado familiar. 

Vão ser recuperados 45 apartamentos que serão colocados no Programa de Renda Acessível (PRA). O piso térreo será transformado um espaço multiusos alusivo à história dos jornais A Capital e o Diário de Notícias, que ali estiveram. No fundo, serão espaços para “projetos independentes e associativos na área do jornalismo e produção de conteúdos”, sublinha a Câmara de Lisboa. Dos 45 apartamentos, 19 serão de tipologia T0, 19 de tipologia T1, seis de tipologia T2 e um apartamento T3. 

Durante a apresentação do projeto, Sílvia Nereu, arquiteta da autarquia explicou que “tratando-se de uma área sensível da cidade, com uma série de condicionalismos urbanísticos, arquitetónicos e regulamentares, optámos por uma intervenção o menos intrusiva possível, que procura manter as características preexistentesdeste conjunto, a nível sobretudo de volumetrias, a nível de tratamento de fachadas e também no que diz respeito à geometria de implantação dos vários edifícios”. 

Atualmente o quarteirão tem sete edifícios degradados. Com as obras, passará a ter cinco edifícios, mas irá manter os elementos originais e as fachadas. 

De acordo com informações da Câmara de Lisboa, o T0 tem valores que variam entre os 150 e os 400 euros. Um T1 varia entre os 150 e 500 euros. Um T2 terá preços entre os 150 e os 600 euros. Tipologias acima do T2 terão uma renda mínima de 200 euros e máxima de 800 euros. 

Ultima actualização: 19 novembro 2020

Partilhar