O panorama atual do Mercado Imobiliário de Lisboa pela perspectiva dos Especialistas

04 janeiro 2021

De IMOVIRTUAL

O panorama atual do Mercado Imobiliário de Lisboa pela perspectiva dos Especialistas

O Imovirtual reuniu neste artigo de opinião o comentário de três especialistas profissionais do imobiliário para darem a conhecer a sua perspetiva sobre o panorama atual do mercado de imóveis de Lisboa.

ana mação kw imovirtual

"Em 2020 vivemos momentos conturbados em todo o mundo devido à pandemia do COVID-19 e a atividade imobiliária sentiu esse impacto de forma particular.

Gary Keller, o fundador da Keller Williams (KW), anteviu que o mercado imobiliário iria passar por um ciclo negativo, que sempre sucede a cada momento bom e só aqueles que se preparam com antecedência poderiam sobreviver e ficar mais fortes. Para mim, este é o lema que define este ano!

A minha aposta estratégica no segmento médio/alto do mercado imobiliário, o foco em compradores internacionais, a diversificação da minha carteira de imóveis, bem como 4 anos de forte investimento em Marketing, permitiram-me aguentar melhor as sucessivas vagas desta pandemia.

Mas aquilo que já se antevia no princípio do ano, aconteceu e está na ordem do dia: os preços dos imóveis vão continuar a sofrer uma correção em baixa. Esta tendência é mais forte no mercado residencial de imóveis usados, em particular nos apartamentos. A minha luta diária, passa por incorporar esta tendência na mente de alguns proprietários.

Em Lisboa, a descentralização do investimento imobiliário vai ser reforçada no próximo ano, com o arranque da construção de diversos projetos imobiliários na periferia. Oeiras e Cascais, concelhos chave na minha atividade, vão ganhar com esta tendência.

Estou confiante que o próximo ano irá contribuir para uma maior profissionalização do setor, premiando aqueles que melhor trabalham e investem na excelência do seu serviço!" - Ana Mação, Consultora Imobiliária da KW Portugal

cascais property imovirtual

"A História do seculo XXI, vai chamar a 2020 o ano da "Revolução Digital.

Estas circunstâncias pandémicas, tornaram a procura de casas mais direcionada para imóveis que ofereçam:

  • segurança,
  • mais espaço exterior,
  • amplas varandas,
  • terrenos,

e ainda para a necessidade de ter uma zona de trabalho dedicada ao teletrabalho.

A comprovar esta tendência, a Cascais Property teve uma maior procura de imóveis com áreas exteriores como varandas e ainda moradias com terreno, que tem vindo a aumentar desde o período de confinamento.

As casas deixaram de ser o dormitório e passaram a ser também o escritório.

Na Cascais Property, sentimos que os valores de comercialização reduzem em média 10% a 15%, para o fecho dos negócios.

Isto porque quer do lado da oferta, como do lado da procura de imóveis se mantêm estáveis e continuamos a registar grande procura e oferta.

Também se nota uma variação na procura de imóveis, e neste momento, há uma procura crescente de imóveis com as características já referida, segmento de luxo e fora dos grandes centros urbanos, com prevalência em zonas como a linha de Cascais, Sintra e no Alentejo.

Os mercado internacional continua a demonstrar grande interesse em Portugal, mas sente-se uma ligeira expectativa, mantendo os investidores em espera.

Acreditamos que logo que a vacina chegue teremos um boom no Mercado Imobiliário, talvez nunca visto." - Paula Silva Santos, Broker na Cascais Property

triomphe immobilier imovirtual

"O panorama atual do mercado imobiliário no distrito de Lisboa encontra-se atualmente em stand-by. Há muita procura, muita curiosidade, mas sente-se que os clientes estão à espera, na expectativa.

Os investidores existem e continuam com liquidez mas não estão ainda a tomar decisões pois preferem esperar e avaliar o que nos espera quando a pandemia acalmar.

A expectação da Triomphe Immobilier é regressar rapidamente aos grandes negócios até porque os investidores continuam com interesse em investir em PORTUGAL, sobretudo em Lisboa e esperam por um cenário que poderá vir a revelar-se uma grande oportunidade - assim que as moratórias dos bancos terminarem, entraremos numa fase em que muitos proprietários não conseguirão cumprir com as suas obrigações e serão mesmo forçados a vender.

Se 2020 prometia ser o ano - com crescimento na ordem dos 15% no primeiro trimestre, face ao ano transato - a verdade é que tudo se transformou com a chegada da Pandemia Covid 19, e o Futuro trará sem dúvida repercussões que ainda não conseguimos avaliar e um pouco incertas." - Ana Pereira, Diretora Comercial da Triomphe Immobilier 

Consulte os nossos apartamentos em Lisboa aqui 👈


Leia também:

📌O panorama atual do Mercado Imobiliário de Braga pela perspectiva dos Especialistas

📌O panorama atual do Mercado Imobiliário de Setúbal pela perspectiva dos Especialistas

Ultima actualização: 08 janeiro 2021

Partilhar