A verdade é que a resposta a esta pergunta já não é tão linear como seria em anos anteriores. Apesar de ainda haver algumas discrepâncias ao nível da ocupação e valores praticados, a época alta já não se distancia assim tanto da realidade da época baixa. Uma coisa é certa: arrendar casa a turistas é uma das formas de garantir um rendimento extra, seja em que época do ano for.

Vejamos: com a introdução das companhias aéreas low cost, há alturas de menor procura (por norma, os meses de inverno) que se traduzem em preços mais apelativos. Assim, há turistas nas principais capitais do mundo durante todo o ano, e com a necessidade de encontrar uma casa onde ficar!

Os meses de inverno já não equivalem a um lucro significativamente menor, isto porque há uma maior aproximação dos países, a nível financeiro e mesmo cultural que nos permite, neste caso, viajar de país em país sem obstáculos, em que altura do ano for. Além disso, há quem evite tirar férias em pleno verão e priorize os meses de inverno, que são mais económicos.

Mesmo que arrende um imóvel na praia, ou seja, uma casa dependente da sazonalidade, esses são os destinos promovidos na época baixa como escapadinhas. O turista procura experiências e não apenas um local para pernoitar.

Por isso, se o seu imóvel se destacar dos restantes pela localização, decoração ou serviços, verá que não terá de se preocupar com o turismo quando o verão terminar.

No entanto, se ainda assim estiver cético e não tencionar arriscar, pode sempre focar-se no público familiar ou estudantil durante os meses mais frios do arrendamento.

Apenas tem de ter em conta as leis relacionadas com o arrendamento de longa duração e perceber se vai ao encontro dos seus objetivos.

O mercado de arrendamento pode ainda incluir mais uma variável: se estiver a arrendar a sua própria casa de habitação. Neste caso, pode dedicá-la ao arrendamento turístico quando decidir fazer férias.

No Imovirtual pode promover um seu imóvel durante o período de tempo que assim determinar. Se, por norma, costuma ir de férias todo o mês de outubro, então anuncie o seu imóvel com a devida antecedência e não se esqueça de apostar num anúncio claro, informativo e apelativo.