Vantagens

  • Rendimento de Média duração

Ao contrário do arrendamento de curta duração que tem períodos que são manifestamente mais rentáveis que outros – o Verão, por exemplo –, na média duração não tem de se preocupar com meses menos produtivos: a renda mantém-se estável no período contratual. Os estudantes, por norma, preferem arrendamento por 12 meses, que corresponde aos dois semestres do ano letivo. Desta forma, pode até conjugar estes dois tipos de arrendamento, uma vez que em Agosto terá o imóvel disponível para o listar no Airbnb, por exemplo.

  • Decoração simples – tela em branco

Ao contrário de um alojamento de curta duração que tem de ser atrativo, uma vez que a organização e decoração do imóvel vão ter um papel fundamental na escolha do cliente, no arrendamento de média duração o imóvel é privilegiado se for uma tela em branco.

Queira arrendar o imóvel na totalidade ou por quartos, deixe na mão do seu arrendatário a possibilidade de decorar o seu quarto de acordo com a sua personalidade. Para si, enquanto senhorio, beneficia do facto de poder mobilar o quarto da forma mais neutra possível (não se esqueça de mobilar o quarto com uma secretária). E, por vezes, menos dispendiosa.

  • Rendimento global

Em princípio, ao arrendar o imóvel por quartos, vai conseguir somar um rendimento global superior do que arrendando a casa na sua totalidade. Isto, porque pode inclusive dispensar a sala para aí criar outro quarto. Além disso, seguindo os valores praticados no mercado (seja em que cidade for) consegue auferir um maior rendimento total.

No lado dos “contras”:

  • Manutenção do imóvel

Pode não acontecer, mas é possível que tenha custos acrescidos caso os seus inquilinos não cuidem ou utilizem o imóvel e os seus equipamentos de forma errada.  A melhor forma de se proteger desta situação é cobrando uma caução que não será devolvida caso o imóvel apresente sinais de destruição – esta cláusula deverá estar definida no contrato.

  • Relações entre inquilinos

Arrendar quartos significa, a maior parte das vezes, que os arrendatários só se vão conhecer quando se mudarem e começarem a viver juntos. Por vezes, nem sempre estabelecem as melhores relações entre si e isso pode inclusive dificultar a sua comunicação consigo enquanto senhorio.

  • Relação com os vizinhos

Como qualquer jovem estudante, é normal que os seus arrendatários recebam amigos em casa e apostem em dar jantares de convívio. Até aqui não haverá problema, desde que cumpram as horas legais para fazer barulho. Senão poderá ver-se envolvido em situações menos agradáveis. Não vai querer criar inimizades com o condomínio do seu prédio.