A cromoterapia: como escolher as cores para a sua casa

17 abril 2021

De Maria Luísa

A cromoterapia: como escolher as cores para a sua casa

A cromoterapia: como escolher as cores para a sua casa

Alguma vez ouviu falar da terapia das cores? Chama-se Cromoterapia e trata-se de um método alternativo de tratamento não invasivo, que parte da ideia de que o corpo tem a capacidade de responder emocionalmente e psicologicamente de forma diferente a determinadas cores. O conceito tem sido alvo de estudo por parte de vários intelectuais e inclusivamente existem várias publicações sobre o assunto. É o caso de A Critical Analysis of Chromotherapy and Its Scientific Evolution, um estudo da Universidade de Balochistan, no Paquistão que explica a Cromoterapia como o "método de tratamento que utiliza o espectro visível (cores) da radiação eletromagnética para curar doenças". A análise refere ainda que este é "um conceito secular usado com sucesso ao longo dos anos para curar várias doenças".

No fundo a Cromoterapia defende que as cores têm o poder de influenciar o nosso humor, ajudando-nos a relaxar, curar ou, pelo contrário, a deixar-nos tristes e nervosos. Naturalmente que este conceito pode ser aplicado na decoração de interiores. Mas para isso é importante saber o que cada tom representa para escolhe-lo e utiliza-lo convenientemente e em prol do estado de espírito desejado. Confira as nossas sugestões para descobrir quais os tons que melhor se adequam à sua casa e como os aplicar.

As cores

Vermelho

cozinha vermelha

Na maioria das vezes, é uma tonalidade associada à paixão, ao fogo, à ação, ao calor. Segundo especialistas, pode estimular o sistema nervoso central, o fígado e contribuir para a produção saudável de glóbulos vermelhos e hemoglobina. Todavia, se for usada em excesso tem a capacidade de nos agitar. Utilize-a em ambientes como a sala, a cozinha ou escritório, mas não abuse dela.

Amarelo

quarto escritório amarelo

Simboliza a luz, o calor e o sol. Trata-se de uma cor quente e vívida que pode trazer alegria e, ao mesmo tempo, influenciar positivamente a capacidade de concentração e atenção. Aliás, é por isso mesmo que é comum ser utilizada nos táxis e em autocarros. A cor amarela pode ainda ajudar a melhorar estados de depressão, apatia e desânimo. Um bom truque para o ajudar a concentrar-se no teletrabalho é utilizar a cor amarela na cadeira da secretária ou mesmo na decoração do espaço. Assim irá desenvolver os seus projetos com muito mais entusiasmo e otimismo.   

Laranja

quarto com almofadas em tons laranjas

À semelhança do amarelo, o laranja é também uma cor quente, ideal para criar ambientes acolhedores. É adequado para salas de estar, cozinhas, mas também para quartos escuros. Para amplificar a luz natural e criar uma atmosfera límpida, experimente colocar alguns detalhes em laranja na parede oposta à janela. Um pouco por toda a casa, pode espalhar elementos laranja para trazer a sensação de conforto: cortinados, almofadas, roupas de cama, dentro do mesmo tom ou mesmo vasos, velas e objetos de decoração em tonalidades mais amareladas.

Verde

plantas verdes

Além de ser a cor da esperança, esta tonalidade lembra-nos de flores, folhas, árvores, da natureza em geral. O especialistas afirmam que o verde nos ajuda a reduzir os efeitos do stress, equilibrando a nossa estrutura mental e proporcionando um efeito calmante. Frescura, vitalidade, otimismo também são estados de espírito que o verde nos pode trazer. Portanto, traga a natureza para dentro de casa já que o verde pode ser usado em qualquer tipo ambiente, onde seja necessário "respirar ar puro", incluindo os quartos - sim ter plantas nos quartos não é prejudicial à saúde, isso é um mito!

Azul

salão em tons de azul

Tal como o verde, também associamos o azul à natureza: água, mar, oceano, liberdade são algumas das traduções desta cor. A Cromoterapia associa esta tonalidade ao relaxamento. É , por isso, utilizado para tratar as insónias ou ansiedades.

Violeta

sala de jantar roxa

Normalmente associamos esta cor à inteligência, ao mistério, ao fantástico e à magia. O roxo estimula a criatividade, mas pode se tornar cansativo quando usado em excesso. Em pequenas quantidades, é ideal para o quarto ou para o espaço de trabalho, especialmente se os seus projetos envolverem muita criatividade e inspiração. 

Maria Luísa Autor Imovirtual

Maria Luísa é a decoradora. A paixão pela decoração surgiu desde muito cedo, quando as paredes se tornaram folhas de desenho. Juntou o útil ao agradável e fez da vocação o seu trabalho. Está a cargo dos temas sobre 'Decoração' do Blog do Imovirtual.

Também lhe pode interessar

Ultima actualização: 02 novembro 2021

Partilhar