Pesquisa: 72% dos nossos clientes Profissionais realizaram transações durante o desconfinamento

02 julho 2020

De imovirtual

Pesquisa: 72% dos nossos clientes Profissionais realizaram transações durante o desconfinamento

Em Abril realizámos um estudo junto dos nossos clientes Profissionais para saber como tem sido a sua experiência com o mercado imobiliário durante o COVID. Em Junho voltámos a repeti-lo para podermos comparar os resultados.

O novo questionário era constituído por 14 perguntas e contou com 481 respostas completas. 39% dos participantes pertenciam à região de Lisboa, 14% à região do Porto e 13% da região de Setúbal.

A grande maioria fez poucas transações (53%), 16% manteve e 3% declara ter aumentado.

68% dos profissionais não recorreu a medidas de apoio (um aumento de 6% em relação à Abril). No entanto, dos restantes que recorreram a essas medidas 70% optou pela política de lay-off (anteriormente foram 60%), seguida da moratória de pagamento de crédito (24% em Junho e 26% em Abril).

Verificou-se uma diminuição significativa de clientes interessados em comprar casa ou em vender a sua casa, ambos na ordem dos 60% (a rondar o mesmo número que em Abril). No entanto, 34% dos inquiridos concluíram que os seus negócios se vão manter nos próximos três meses, um cenário mais favorável comparativamente a Abril em que 34% acreditava que o seu negócio fosse diminuir na ordem dos 25%.

Quanto aos preços, 59% dos nossos clientes Profissionais estão mais otimistas e consideram que os preços irão manter-se nos próximos três meses, 34% acha que os mesmos vão aumentar e apenas 3% considera que vão diminuir mais do que 25%. Anteriormente, em Abril, 57% dos inquiridos considerava que os preços fossem diminuir até 25%.

Entre arrendamento (curta e longa duração) , venda e construção, os nossos clientes Profissionais consideram que o mercado de arrendamento de longa duração irá aumentar (89%), assim como anteriormente (79%). Por outro lado, o arrendamento curta duração irá diminuir (83%), o mesmo se verificava em Abril (87%). Relativamente à venda, 57% dos inquiridos acredita que vai manter-se (anteriormente 40%), assim como no mercado de construção (52% em Junho e 46% em Abril).

Ultima actualização: 07 agosto 2020

Partilhar