A importância do Home Staging

19 novembro 2020

De imovirtual

A importância do Home Staging

Se tem um imóvel para vender ou arrendar há um conjunto de técnicas simples e até pouco dispendiosas que podem valorizá-lo e, assim, conseguir uma venda ou arrendamento mais rápido e até com maior retorno. 

É o chamado Home Staging, um conceito que nasceu na década de 1970 nos Estados Unidos da América devido à grande oferta imobiliária existente nesse período. A técnica chegou nos anos 1990 a Inglaterra e, paulatinamente, difundiu-se por toda a Europa. 

No fundo, o objetivo do Home Staging é transformar o imóvel, tornando-o mais atrativo para futuros inquilinos ou compradores, através de uma decoração rápida, funcional e acessível. Para além disto, esta técnica permite agilizar o processo de arrendamento ou venda e adiciona valor ao imóvel. 

 

Principais vantagens do Home Staging

Assim, as principais vantagens do Home Staging são: 

  • Redução do tempo de venda ou de arrendamento. O proprietário deve ter em atenção que é nos primeiros 90 segundos de uma visita que é tomada a decisão de comprar uma casa; 
  • Valorização do imóvel, algo que com o Home Staging se consegue sem grandes investimentos, pois as técnicas são muito simples e não requerem muito dinheiro, muitas vezes são apenas necessários algumas reparações e trabalhos de manutenção; 
  • Melhora a promoção do imóvel, ou seja, o Home Staging faz parte do processo de preparação da promoção do imóvel. Com a maior procura de casas a acontecer na internet, as fotos publicadas nos anúncios devem ser cada vez mais profissionais e com mais qualidade, uma vez que são elas que ditam a primeiras impressões do imóvel; 
  • Ajuda a visualizar mentalmente o futuro lar. Assim, através do Home Staging e da despersonalização dos espaços é mais fácil o interessado visualizar o seu futuro lar, o que é dificultado se a casa estiver vazia ou com demasiadas coisas pessoais dos proprietários. 

 

Conheça dicas para melhorar o seu imóvel

O objetivo do Home Staging, como se viu, é adicionar valor e diminuir os períodos de venda ou arrendamento, através de uma reforma baseada no design, inovação e sustentabilidade. 

Conheça agora algumas intervenções que pode fazer e que vão seguramente valorizar o seu imóvel: 

  • Arrumar, ou seja, colocar tudo no seu devido lugar e, se for necessário, alguns objetos devem ser trocados de sítio ou até guardados. O mais importante é preparar o imóvel para que as suas fotografias tenham um resultado final mais apelativo; 
  • Limpar, pois é essencial criar um ambiente agradável para as visitas. Uma casa suja é um autêntico travão às vendas e, por isso, há que olhar para os detalhes que saltam à vista dos visitantes e fazer uma limpeza mais a fundo para que nada fique com sujidade; 
  • Reparar todas aquelas pequenas coisas com que já se habituou a viver, como uma porta que range, um teto manchado ou uma torneira que pinga, mas que dão muito mau aspeto para os potenciadores compradores; 
  • Refrescar e arejar a casa, não só por questões de saúde, mas também por uma questão de bem-estar. Também aqui deve prestar atenção aos odores a que já se habituou, seja de tabaco ou de animais de companhia, pois podem ser desagradáveis para quem visita o imóvel; 
  • Iluminar bem os espaços para criar um ambiente mais acolhedor. Deve dar-se preferência à luz natural, pois é a iluminação que valoriza os recantos, os objetos e o ambiente em geral; 
  • Decorar, tendo em atenção uma regra simples: menos é mais. Assim, esvazie alguns espaços e, principalmente, retire todos os objetos decorativos que possam ser demasiado pessoais. 

Quando pretender vender a sua habitação, já sabe. Recorra aoHomeStagingpois poderá vendê-labem mais rápido do que pensa.Sugerimos que veja o nosso episódio sobre este tema, uma conversa comAna Margarida Mendes,que nos falou acerca da estratégia deHomeStagingcomo vantagem competitiva.

Veja também:

Ultima actualização: 20 novembro 2020

Partilhar