Como tornar a sua casa inteligente

21 dezembro 2020

De imovirtual

Como tornar a sua casa inteligente

Nos dias que correm, a tecnologia está presente em, praticamente, todo o quotidiano das pessoas. São cada vez mais avançados os gadgets e equipamentos que tornam a vida das pessoas mais fácil, encurtando distâncias e diminuindo o tempo que se gasta com determinadas atividades.

Esta situação é extensível às habitações e, hoje, já é possível ter uma casa inteligente, que passa por utilizar a tecnologia para benefício das pessoas dentro da habitação.

E este conceito tem por base dar mais comodidade, conforto e sentido prático da habitação, aumentando o controlo, a segurança e o conforto dos residentes. Ou seja, a casa inteligente é um sistema que funciona através de vários dispositivos tecnológicos que são instalados na habitação e se conectam através da internet.

Da iluminação ao alarme

Para que uma casa possa ser considerada inteligente é preciso ter, pelo menos, dois equipamentos ligados à internet e, assim, possam ser operados à distância. Falamos, por exemplo, das televisões inteligentes, do frigorífico, da iluminação, da irrigação, da climatização ou do alarme.

Atualmente, existe no mercado uma grande variedade de dispositivos que permitem controlar quase tudo em casa a partir do telemóvel (smartphone), tablet ou computador, não exigindo a presença da pessoa em casa.

Assim, através de um assistente virtual é possível utilizar os mais diversos equipamentos de forma inteligente e em ambientes diferentes de acordo com as necessidades do residente. É possível, por exemplo, controlar desde o sistema de climatização ou iluminação até ao alarme da residência ou a temperatura do banho.

No fundo, a finalidade da casa inteligente é que funcione por conta própria, ajudando os residentes e facilitando o seu dia-a-dia. Refira-se que uma das maiores vantagens do sistema de automação e do assistente virtual é a segurança da habitação.

Assistente virtual

Se a sua habitação não veio preparada, pode sempre torná-la numa casa inteligente, começando por alguns espaços e em equipamentos que lhe sejam mais necessários.

Para conseguir transformar a sua habitação numa casa inteligente pode optar por adquirir um assistente virtual, existindo vários no mercado, como o da Amazon, que tem a capacidade de interagir por voz, podendo através dele configurar alarmes ou programar a temperatura, para além de permitir controlar outros sistemas e equipamentos inteligentes. Para além deste, existem outros, como o assistente virtual da Google ou a Siri.

Um dos espaços que estão cada vez mais inteligentes são as cozinhas, com especial destaque para os frigoríficos inteligentes. Estes aparelhos permitem simplificar o processo de armazenamento e gestão dos alimentos disponíveis em casa. Assim, os frigoríficos inteligentes mostram quais os produtos armazenados, mas disponibiliza ainda outra informação essencial, como as datas de validade ou as quantidades existentes. A informação é exibida na porta do frigorífico, que contém um ecrã touchscreen. Através de uma ligação à internet, é ainda possível, por exemplo, consultar receitas e outras informações sobre os alimentos.

Assim, sem necessitar de grandes projetos de automação, é relativamente simples tornar a sua casa inteligente, podendo sempre recorrer a empresas especializadas, que proporcionam sistemas personalizados e adequados ao tipo de habitação e ao estilo de vida dos residentes.

Leia também:

👉10 dicas para tornar a sua casa mais segura para as crianças

👉A importância do Home Staging

👉Saiba os seus direitos e deveres como inquilino

Ultima actualização: 21 dezembro 2020

Partilhar