Mercado Imobiliário em Números: Barómetro Mensal de Fevereiro

05 março 2021

De IMOVIRTUAL

Mercado Imobiliário em Números: Barómetro Mensal de Fevereiro

Variação Mensal: Fevereiro 2021 vs Janeiro 2021

Venda | Apartamentos e Moradias

O preço médio dos imóveis anunciados no Imovirtual para venda em Portugal foi de 349.208€ em Fevereiro de 2021. Assistimos assim a um ligeiro aumento de 0,8% face ao mês anterior que registou um preço médio de 346.503€.

No mês de Fevereiro, os distritos com o maior aumento de variação percentual de preço face ao mês de Janeiro foi Porto com um crescimento de 2%, com 308.828€ em Janeiro e 315.055€ em Fevereiro.

Em segundo lugar temos Portalegre com uma maior variação percentual de preço face ao mês anterior de 1,9%, no entanto em comparação com Fevereiro de 2020 verificamos um decréscimo de -10,2. Aveiro apresenta um crescimento de 1,6% em comparação com Janeiro de 2021 e de 7,5% em comparação com Fevereiro de 2021. Faro verifica-se, igualmente, com um crescimento de 1,6%.

O distrito com a maior queda na variação percentual do preço face ao mês anterior é Beja com -2,9%, passando de 141.810€ para 137.669€. Esta queda acentuada em comparação com o período homólogo do ano anterior é trocada por um crescimento de 6,6%. Évora apresenta um decréscimo de -2,6% em comparação com Janeiro de 2021 e -11,2% em Fevereiro de 2020. Viana do Castelo apresentou uma diminuição percentual de -2%.

imovirtual

imovirtual

imovirtual

Arrendamento | Apartamentos e Moradias

Em Portugal, o preço médio dos imóveis anunciados no Imovirtual no segmento de arrendamento diminuiu -0,1%, passando de 1.005€ em Janeiro para 1.004€ em Fevereiro. No entanto, comparando a média de preços de arrendamento em Fevereiro de 2021 e Fevereiro 2020 verifica-se uma queda de -14,6%

Évora é, novamente, o distrito que teve o maior crescimento percentual de 8,7%, comparativamente a Janeiro, passando de 488€ em Janeiro para 530€ em Fevereiro.
Leiria verifica um crescimento da variação percentual de 3,8%. Região Autónoma da Madeira destaca-se também por um crescimento percentual de 3,4%, passando de 815€ em Janeiro para 843€ em Fevereiro. Comparativamente a Fevereiro de 2020, verifica-se uma diminuição percentual que é marcada por mais -5,9%. 

Contrariamente, Beja e Portalegre apresentam uma queda percentual do preço médio dos imóveis de -11,2% e 9,7% respetivamente. No entanto, Beja quando comparada com o ano anterior verifica-se um crescimento de 19,1%.

imovirtual

imovirtual

imovirtual

Variação Anual: Fevereiro 2021 vs Fevereiro 2020

Para uma melhor análise da evolução dos preços médios é importante comparar também dois períodos homólogos em anos seguidos com uma realidade social bastante distinta para compreender o impacto sentido.

Venda | Apartamentos e Moradias

Comparando os preços médios dos anúncios dos imóveis no Imovirtual do mês de Fevereiro de 2021 com igual período do ano anterior verifica-se um aumento de 0,4%, passando de 347.676€ para 349.208€.
A procura por moradias para compra continua a aumentar. Quando comparado o período de Fevereiro de 2021 com  Fevereiro de 2020 verificou-se um aumento de 62,9%.

O distrito que registou a maior variação percentual foi Aveiro (7,5%), passando o preço médio de 212.923€ no período homólogo do ano anterior para 228.910€ em de 2021.

Beja e Castelo Branco registaram uma uma variação percentual de 6,6% e 6,2% respetivamente.

Évora, Guarda e Portalegre mantêm-se os distritos com a maior quebra percentual no período considerado com -11,2% (de 213.059€ em 2020 para 189.125€ em 2021), -11,1% (de 132.524€ para 112.886€) e -10,2% (de 131.426€ para 117.965€), respectivamente.

imovirtual

Arrendamento | Apartamentos e Moradias

No segmento de arrendamento, os preços das rendas diminuem desde 2019, tendo se verificado um decréscimo de -14,6%, comparando os preços médios anunciados do mês de Fevereiro de 2021 (1.004€) com igual período do ano anterior (1.175€).

Beja registou novamente o maior aumento percentual de 19,1% no preço médio anunciado, passando a renda média mensal de 499€ para 594€ em Fevereiro de 2021. Guarda apresenta também um aumento percentual de 17,9% e Santarém de 12,3%. 

Os distritos que registaram a maior quebra percentual foram Porto com -20,6% (de 1.094€ para 869€), Lisboa com -16,2% (de 1.517€ para 1.272€) e Setúbal com -13,2% (de 904€ para 785€). 

imovirtual

Leia também:

👉Proprietários mostram-se preocupados com mercado do arrendamento

👉Moody’s antecipa sinais negativos no imobiliário comercial em 2022

👉O Nosso Guia Para Tipologias de Moradias e Apartamentos

Ultima actualização: 05 março 2021

Partilhar