Como fazer compostagem em casa

29 agosto 2020

De imovirtual

Como fazer compostagem em casa

Ao contrário do que muitos pensam, a compostagem é um processo simples. Mais, é económico e ecologicamente sustentável. É um processo simples porque vai aproveitar restos. Seja de comida ou até mesmo aparas de jardim. Estão aqui todas as condições para fazer o seu fertilizante em casa.

Onde fazer a compostagem

Se pretende fazer compostagem saiba que é bastante fácil. Pode fazê-la num jardim, num terreno que tenha, numa horta ou em vasos. No fundo, a compostagem é o processo de transformação dos resíduos orgânicos em composto.

O que transformar em composto

Eis o que pode transformar em composto, no que diz respeito aos resíduos verdes: borras de café, restos de pão, folhas verdes, aparas de relva fresca, flores, ervas daninhas sem sementes, restos de vegetais e frutas, cascas de ovo esmagadas.

Os resíduos castanhos, ricos em carbono, são por exemplo as folhas secas, relva cortada seca, palha, feno, aparas de madeira carumas, cascas de batatas.

O que não deve compostar

Saiba quais os resíduos que não deve compostar: carne, peixe, laticínios, gorduras tais como queijo, manteiga, molhos. Tudo isto provoca odores desagradáveis. Outra coisa que não deve compostar são excrementos de animais. Podem resistir ao processo de compostagem devido aos microrganismos patogénicos. Mas há mais exemplos que não devem ser compostados, como cinzas de carvão, beatas de cigarros, medicamentos e comida com gordura.

Como fazer um compostor

Uma caixa de madeira é o suficiente para fazer um compostor. A armação pode ser feita por quatro paletes, sendo que uma delas deverá ter dobradiças para fazer de porta. Depois de construir o compostor, deve colocá-lo em cima da terra e assim facilitar a drenagem da água, bem como a entrada de microrganismos bons do solo. Se estiver em locais de clima seco e com temperaturas elevadas, coloque o compostor debaixo de uma árvore. Desta forma, evita o aquecimento excessivo do composto. Mas se por outro lado, estiver em locais com muita chuva, então cubra o compostor.

Composto por camadas

Apesar de a compostagem ser simples, deverá ter alguns cuidados para ter bons resultados. Para resíduos de pequenas dimensões e consiga manter um nível de humidade aceitável, mexa a pilha todas as semanas. Desta forma o composto estará pronto em 2 a 3 meses. Mas se for adicionando material de forma contínua, então o processo irá estender-se por 3 a meio ano.

Coloque no fundo do compostor ramos grossos. Desta forma vai permitir arejamento e o material que lá colocar não irá ficar muito compacto. Agora faça uma camada entre 5 e 10 cm de altura de resíduos castanhos. Certifique-se que estão cortados em pequenos pedaços.

Para iniciar o processo, adicione terra ou composto acelerador, assim como uma camada de resíduos verdes. Crie outra camada de resíduos castanhos e repita o processo. Assim que a pilha atingir um metro, está pronto. Assegure-se que a última camada será de resíduos castanhos, para evitar odores, insetos e outros animais indesejados.

Tenha paciência durante o processo e siga as indicações de princípio ao fim. Vai ver que a compostagem será uma realidade, nas suas mãos e no local que pretender.

Ultima actualização: 29 agosto 2020

Partilhar