Notícias imobiliário – Imosíntese – julho 2022 – 1ª quinzena

22 julho 2022

De IMOVIRTUAL

Notícias imobiliário – Imosíntese – julho 2022 – 1ª quinzena

Notícias imobiliário – Imosíntese – julho 2022 – 1ª quinzena

O mês de junho ficou marcado pelas subidas e aumentos no mercado imobiliário: valor das avaliações bancárias, taxas de juro, valor dos arrendamentos, preço das casas e inflação. 

Conheça esta e outras notícias que marcaram o universo do Imobiliário em Portugal e no mundo durante o mês de julho.

O valor médio do metro quadrado das casas aumenta na avaliação bancária

O valor mediano das avaliações bancárias realizadas para obtenção de crédito para habitação, aumentou 1,8% de abril para maio. Segundo o INE (Instituto Nacional de Estatística) o valor médio das avaliações fixou-se em 1380€/m2. 

No mês em análise, o valor mediano de avaliação bancária de apartamentos foi 1529 €/m2, tendo aumentado 15,3% relativamente a maio de 2021. Os valores mais elevados foram observados no Algarve (1840 €/m2) e na Área Metropolitana de Lisboa (1825 €/m2),

Em relação às moradias, o valor mediano da avaliação bancária foi de 1104 €/m2 em maio, o que representa um acréscimo de 9,1% em relação ao mesmo mês do ano 2021. Também aqui os valores mais elevados encontram-se na Área Metropolitana de Lisboa e no Algarve. 

Se faz parte do grupo de pessoas que ainda se pergunta: “O preço das casas vai baixar?”, saiba que em geral praticamente todos os distritos apresentaram subidas no preço das casas, como pode ler na notícia completa.

Arrendar casa ficou mais caro: preço por metro quadrado do arrendamento sobe em quase todo o país

O INE (Instituto Nacional de Estatística) divulgou os dados do primeiro trimestre de 2022 relativos ao arrendamento e à renda mediana do arrendamento em Portugal atingiu os 6,16 €/m2. Isto significa um aumento de 6,4% face ao primeiro trimestre de 2021. Também o número de contratos de arrendamento cresceu 19,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Se tiver interesse em saber todos os dados pode ler aqui a notícia. 

Em relação a junho de 2021, o valor médio do contrato de arrendamento aumentou cerca de 270€, fixando-se agora em 1289€. Trata-se de uma subida de 27,4%. Descubra onde pode arrendar casas baratas e onde vai ter que pagar mais. 

Comprar casa fica mais caro: inflação e taxas de juro sobem em Portugal

Há 30 anos que não se registava um nível tão alto da inflação do mercados imobiliário em Portugal. Desde dezembro de 1992 que a inflação não registava um valor tão alto. A taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) terá aumentado para 8,7% em junho. Em maio o aumento foi de 8%. Conheça mais valores no artigo completo.

Dicas para comprar uma casa

À subida generalizada dos preços, junta-se o aumento das taxas de juro e, consequentemente, das prestações dos créditos habitação, o que coloca ainda mais pressão no orçamento familiar de muitas famílias. Comprar uma casa é o sonho de muitos portugueses, mas é preciso informar-se bem antes de avançar com a decisão. Encontre aqui mais algumas dicas para comprar casa.

Bancos  mais competitivos no crédito à habitação

Os bancos que se destacaram pela competitividade das propostas, foram:

- Crédito Habitação para Aquisição: Santander

- Crédito para Construção: Caixa Geral de Depósitos

- Crédito Habitação com Taxa Fixa: BPI

- Transferência de Crédito Habitação: Santander

-  Processo mais rápido no Crédito Habitação: Millennium BCP

A esmagadora maioria dos créditos habitação têm como fim adquirir casas já construídas. 

Por outro lado, o número de portugueses que solicitaram um crédito para construir um imóvel é apenas 8%. Mesmo tendo em conta as mais modernas técnicas de construção, que facilitam e encurtam o processo - como é o caso das casas lsf (Light Steel Frame) tão procuradas atualmente – ainda há uma clara preferência por comprar “chave na mão”. Saiba mais aqui.

Spread mais baixo no Bankinter

Se está em fase de tomada de decisão de um banco onde fazer o empréstimo para habitação, saiba que o Bankinter acabou de lançar uma campanha de Verão de Crédito Habitação, com uma redução do spread para 0,90% para operações iniciadas entre 1 de julho a 16 de setembro de 2022.

O acesso ao spread bonificado de 0,90% é único para todas as propostas de crédito habitação para clientes residentes, independentemente do montante ou rácio de financiamento/ garantia, podendo ser conjugado com a Euribor nos prazos de 3, 6 ou 12 meses, para maior flexibilidade na escolha da taxa variável pelo cliente. Leia a notícia completa.

Comprar casa com criptomoedas em Portugal

Quem não parece ser afetado pelas subidas das taxas de juro e da inflação são os investidores em criptomoedas. Se gosta de estar a par das últimas notícias de criptomoeda, fique a saber que a Prometheus Internacional, que em 2021 vendeu em Portugal as primeiras moradias, na Madeira, pagas em criptomoeda, acaba de anunciar um novo projecto que volta a cruzar o mundo “cripto” com o imobiliário

Este novo projeto – a Royal Blockhouse – consiste numa coleção de 24 casas de luxo internacionais, desenhadas por arquitectos escandinavos, espanhóis, portugueses e da Prometheus. De acordo com Priyesh Patel, fundador e CEO da Prometheus Internacional, “The Royal Blockhouse combina dois aspectos da revolução blockchain: propriedade através de tokens não-fungíveis (NFT), mas também design da infraestrutura, o que acontece pela primeira vez no mundo do imobiliário de luxo.”

Em relação ao primeiro projeto imobiliário para a venda de moradias de luxo em criptomoeda, na Madeira, já existem poucas unidades disponíveis para compra. Recorde-se que, embora a Prometheus aceite o pagamento em moeda convencional, as duas primeiras casas em construção foram vendidas na moeda criptográfica ADA (a moeda da blockchain Cardano) por um valor de 4,1 milhões de euros – algo pioneiro no mercado português e que marcou o início de uma revolução para os mercados amigos da criptomoeda na Europa e no mundo. Se pensa investir em criptomoeda e quiser mais pormenores sobre este empreendimento pode saber mais aqui.

Exemplos de criptomoeda; cotaçao criptomoedas; criptomoedas noticias.

Evergrande: na China, o gigante do imobiliário está em risco de liquidação

Mais um escândalo a atingir a Evergrande, desta vez um dos seus credores estrangeiros apresentou uma petição a pedir a liquidação da empresa chinesa, junto do poder judicial de Hong Kong.

A empresa disse que a petição de liquidação diz respeito a uma "obrigação financeira" no valor de 862,5 milhões de Hong Kong dólares (103,9 milhões de euros), sem fornecer mais pormenores.

A Evergrande garantiu que vai "opor-se vigorosamente" ao processo, e espera que este não tenha qualquer impacto nos planos de reestruturação ou no calendário que tem para os apresentar, mantendo o prazo até ao final de julho.

Conheça aqui mais pormenores sobre o caso Evergrande.

O Imovirtual traz regularmente até si, em parceria com o Diário Imobiliário, as novidades mais recentes do setor imobiliário. Se quer estar sempre a par dos acontecimentos mais atuais, não perca a Imosíntese.

Ultima actualização: 25 julho 2022

Partilhar