Tipos de energias renováveis que pode ter em casa

29 maio 2021

De Alexandre Luís

Tipos de energias renováveis que pode ter em casa

Tipos de energias renováveis que pode ter em casa

Atualmente, fala-se cada vez mais de sustentabilidade e de como adotar hábitos mais ecológicos para proteger o planeta. Em parte, essa preservação dos recursos naturais pode ser alcançada através de uma maior utilização de energias renováveis, como aliás o Acordo de Paris estabeleceu para todos os Estados-Membro da União Europeia. Logicamente que o esforço maior deve partir do Governo e das empresas, mas a mudança está em todos nós. Um pequeno passo, uma grande ajuda para a mudança deve ser o lema. Por isso, uma forma de criar rotinas mais sustentáveis e amigas do ambiente é a através da instalação de energias renováveis na sua casa. Existem várias opções que lhe damos a conhecer para avaliar qual será aquela que melhor se adapta às suas condições.

Energia Solar

energia solar

A meteorologia portuguesa é sem dúvida favorável à utilização da Energia Solar e de painéis fotovoltaicos. Atualmente, já existem várias empresas que dispõem de uma oferta diversificada de serviços relativos a esta energia renovável. Por isso deve procurar a solução que melhor se adapta as suas necessidades, aconselhar-se sobre o correto posicionamento dos painéis, os custos, o seu perfil de consumo e a eficiência do sistema que irá instalar.

Para saber mais sobre painéis fotovoltaicos consulte: Painéis solares: a energia que a sua casa precisa

De referir que é possível instalar painéis solares num apartamento, mas é um processo mais complicado, já que requer um pedido formal ao condomínio e a aprovação de todos os condóminos para a utilização do telhado ou espaço exterior comum.

Energia Eólica

energia eólica

Se já passou numa das várias autoestradas do país e avistou as grandes "ventoinhas" no cume dos montes, é normal. A Energia Eólica é uma das fontes de energia renovável mais importantes para Portugal, pois trata-se daquela em que o Governo mais investiu.

Existem várias vantagens associadas a este tipo de energia: eficiência, custo/benefício atrativo, garantia de retorno do investimento rápida, são algumas delas. Porém não é assim tão fácil aplicar esta a Energia Eólica a nível doméstico. Já existem microgeradores eólicos, aerogeradores de pequeno porte ou mini-eólicas a preços acessíveis, mas o seu uso exige um estudo prévio detalhado de investimento e de espaço.

Note que é necessário espaço suficiente para o aerogerador e que este irá produzir, naturalmente, algum ruído. Terá ainda de cumprir os requisitos legais de instalação e ter vento suficiente e com regularidade ao longo do ano, entre outros fatores decisivos. Adiantamos que para zonas urbanas e cidades, esta não é uma solução muito viável.

Biomassa

biomassa

Este tipo de energia é produzido por intermédio do reaproveitamento dos resíduos: agrícolas, municipais sólidos, das atividades industriais de madeira, dos animais, das plantas aquáticas, da produção alimentar, entre outros. Existem várias formas de produzir energia a partir da biomassa, como a combustão e a pirólise. A mais comum é a gaseificação, o processo que transforma os resíduos em biogás inflamável, que pode ser aproveitado como fonte de calor ou combustível para equipamentos agrícolas).

Note que para fazer este processo necessita de alguns cuidados.

  • Deve instalar um biodigestor doméstico
  • Deve garantir que conhece o processo
  • Deve certificar que existe “alimento” contínuo para o biodigestor

Nas zonas urbanas, é comum vermos a energia de biomassa produzida através de combustão, utilizando, por exemplo, os pellets nas lareiras e salamandras como fonte de energia térmica para as casas. Trata-se de uma forma de substituir a nossa energia por uma alternativa renovável e promover a reutilização dos resíduos.

Energia Hídrica

energia hídrica

Este tipo de energia está fortemente associado ao conceito de barragem e tem uma razão de ser: é que para o produtor doméstico, gerar este tipo de energia requer viver junto de um fluxo de água contínuo com um caudal considerável (muito indicado para quintas ou pequenas propriedades rurais).

Para quem vive em zonas onde existe um rio ou um fluxo de água corrente, um sistema de microprodução de energia hídrica (mini-hídricas) é uma ótima opção. Trata-se de uma das mais eficientes de produzir energia, que garante uma produção contínua, 24h por dia, a custos muito reduzidos.

Veja também

Ultima actualização: 14 julho 2021

Partilhar