Logo
Voltar à lista
Terreno para comprar
Lisboa
Amadora
Falagueira-Venda Nova
Terrenos Urbanos com projeto de investimento na Amadora
Terrenos Urbanos com projeto de investimento na Amadora

Terrenos Urbanos com projeto de investimento na Amadora

33 500 000 €
Falagueira-Venda Nova, Amadora, Lisboa
21 €/m²

Propriedades

Área de terreno (m²):
1 610 345 m²
Tipo de terreno:
Urbano

Descrição

Terrenos para desenvolvimento urbanístico na Amadora, localizados numa zona com boas acessibilidades rodoviárias (IC16, A9/CREL, IC19 e CRIL), bem como ferroviárias através da linha Sintra/Azambuja, os terrenos beneficiam de um bom enquadramento urbano, onde predominam algumas construções recentes com boa apresentação, boa oferta de comércio e serviços de proximidade.

Uma oportunidade de investimento num projeto residencial de grande escala numa zona próxima de Lisboa. Área do Terreno: 111 ha | Área Bruta de Construção acima do solo (de acordo com o PDM atual): 255.675 m2

Classe Energética: Isento

A Amadora é considerada um município de montante, visto que o seu território abrange os troços iniciais das quatro bacias hidrográficas que o drenam.

A rede de drenagem concelhia é de pequena dimensão e reduzidos afluentes (baixa densidade), com um padrão tipicamente dendrítico e ângulos de confluência agudos.

Todas as bacias que atravessam o município pertencem à Região Hidrográfica do Tejo, sendo os cursos de água tributários desse rio e desaguando no seu estuário após atravessar solos geralmente pouco permeáveis.

Os cursos de água apresentam vários sentidos de escoamento, sendo que na metade ocidental e sul-oriental o sentido dominante é norte–sul e nas restantes áreas é noroeste–sudeste.

A bacia que drena a maior parte do município é a da ribeira de Alcântara (ou da Falagueira), com uma área de 8,6 km².
A sua bacia abrange o setor central e oriental do município, originando-se no Planalto da Mina de Água (Moinhos da Funcheira) e atravessando depois a Depressão Central da Amadora em direção a Benfica.

Segue-se a bacia do rio Jamor, representada pela ribeira de Carenque, que drena todo o terço ocidental do município (8 km²) e marca a fronteira em grande parte do seu percurso entre este município e Sintra.

Após nascer na zona de Casal de Cambra, separa os dois municípios até chegar a Carenque, localidade que atravessa para depois se juntar ao curso de água principal do Jamor em Queluz.
Categoria Energética: Isento

Características

  • Vista de cidade
  • Vista de campo

Mapa

Mais anúncios de Portugal Best Invest