Logo
Voltar à lista
Apartamento para comprar
Setúbal
Seixal
Amora
Rua Joaquim Penedo
T2 em Amora, Medideira
T2 em Amora, Medideira

T2 em Amora, Medideira

122 500 €
Rua Joaquim Penedo, Amora, Seixal, Setúbal
1 801 €/m²

Acompanhamento Virtual

Video

Propriedades

Área útil (m²):
68 m²
Área bruta (m²):
66 m²
Empreendimento:
não
Tipologia:
T2
Casas de Banho:
1
Certificado Energético:
D

Descrição

Venha conhecer este apartamento de 3 assoalhas, com boas áreas, bem estimado e bem localizado.
Roupeiro com bastante arrumação no hall de entrada, quartos amplos e cozinha com uma excelente área. Pavimento flutuante. Janelas em PVC com vidro duplo.
Localizado perto de espaços verdes e todo o tipo de comércio.
Marque já a sua visita

Amora, uma cidade com história.
A história da Amora começa no tempo em que o Seixal se formou, no tempo dos Romanos, onde se faziam trocas entre as duas povoações, sendo uma povoação mercante[3]. Após as invasões árabes em 790, Amora era uma zona de Quintas com vastas hortas, principalmente com vinhas e amoreiras (provavelmente originou o nome "Amora" [4]), no qual se mantiveram até ao fim da construção da Ponte 25 de Abril em 1966, conservando nas actuais ruas, o seu antigo nome. Aquando do foral do Seixal, em 1836 pela rainha D. Maria II, a localidade de Corroios sempre fez parte da Freguesia da Amora até se tornar Vila em 1993, tornando-se uma Freguesia independente da Amora, partilhando traços comuns com Almada e Amora.

A Família Real visitava com alguma frequência a freguesia de Amora, nomeadamente o palácio do Príncipe D. Augusto, filho de D. Maria II, que se localiza perto da Quinta da Princesa, no local da quinta original, do século XVIII, local onde el-Rei D. Carlos caçava e passava momentos de vilegiatura. Mais recentemente, no século XX, ocorreu uma urbanização rápida, com vinda de gente algarvia e alentejana em 1966. Tal como ocorreu na cidade de Almada, logo após o 25 de abril, a população residente aumentou exponencialmente, os negócios e a economia em geral, convertendo-se numa vila e depois cidade com vida e actividade muito próprias. Com a chegada de muitos retornados à metrópole e refugiados das ex-colónias, africanos e caucasianos, a população aumentou consideravelmente. Os novos habitantes instalaram-se maioritariamente nas proximidades do Parque Urbano das Paivas, "pulmão verde" da Amora, na Cruz de Pau, na Atalaia e Quinta da Princesa. Após a queda do comunismo em finais da década de 1980 e início da década de 1990, uma vaga de imigrantes da Europa de Leste chegou ao país, nomeadamente ucranianos e russos. Existem várias etnias, destacando-se: brasileiros, guineenses, angolanos, ciganos, cabo-verdianos, indianos e moçambicanos de origem indiana, chineses, para além de eslavos do leste europeu.

Mapa

Relatório de preços praticados

Apartments T2, Amora

Baseado nos preços dos anúncios activos no Imovirtual

Mais anúncios de Century21 Royal Smile