Logo
VoltarQuintas e herdades para comprarCastelo BrancoOleirosOleiros-AmieiraQuinta Rustica em Oleiros

Quinta Rustica em Oleiros

Preço sob consulta
Oleiros-Amieira, Oleiros, Castelo Branco
Quinta Rustica em Oleiros

Acompanhamento Virtual

Video
Visita Virtual

Propriedades

Área de terreno (m²):
10 300 m²
Certificado energético:
Isento
Tipologia:
T1
Condição:
Renovado
Ano de construção:
2001

Descrição

Castelo Branco - Quinta Biológica - Oleiros/Amieira

A quinta biológica é situada no Vale das Ovelhinhas no distrito de Castelo Branco, no concelho de Oleiros. Oleiros- Amieira é uma freguesia com 143.64 km² de área. A castanha, o medronho e o vinho Callum são os elementos mais importantes da economia local e em tempos o concelho foi dos principais produtores de castanha. Neste momento a árvore mais importante do concelho é o pinheiro que tem um valor incalculável.

O concelho proporciona fantásticas panorâmicas e é muito procurado devido a esta excelente informação. Também é uma terra muita conhecida por Xisto e Quartzo pela sua dureza.
Em termos de gastronomia, o prato regional mais famoso e procurado por estrangeiros e diversos portugueses é o cabrito estonado bem como o maranho, bucho e filhós.
Nas proximidades temos as Serras de Alvelos, do Muradal e da Lontreira. Ainda podemos visita o Rio Zêzere, as praias fluviais de Cambas, os Passadiços do Orvalho e a GeoRota do Orvalho, a praia fluvial do Penedo Furado e do Açude Pinto, a Cascata da Fraga de Água D´Alta e muitas aldeias históricas

A quinta é ideal para quem procura paz e tranquilidade e está rodeada de natureza muito perseverada e respeitada. Já com muitos anos de história, os proprietários têm com muita consideração que o ambiente/ terras se mantenham o mais puro e natural possível, isto fazendo-se apenas uma agricultura biológica e permacultura sem qualquer uso de químicos, pesticidas, herbicidas, adudos químicos.
Os terrenos estão em perfeito estado com a devida manutenção realizados com a utilzação de tratores para cortar a erva em áreas planas, estas com cerca de 25.000 m² e com roçadoras nas encostas do vale.
A propriedade agrícola e florestal tem 45.000m² e contêm cerejeiras, olival, tílias, medronheiros, marmeleiros, pinhal, sobreiros e azinheiras, pessegueiros, laranjeiras e muito mais. Tem também encostas, zonas de vale, montes e a parte da floresta. Conta com uma exposição solar, condições de solos, proteção de ventos excelentes no qual permite a produção de hortícolas. O possível comprador terá a hipótese de fazer análises à terra e às águas para comprovar o estado de pureza das mesmas.

Esta quinta conta com grande abundância em água que nasce de nascentes naturais na rocha de uma pureza exorbitante. Contém ainda tanques e charcas de água e existe uma ideia de criação para uma piscina biológica.

Existem duas casas de habitação em pedra de Xisto que estão totalmente recuperadas com materiais naturais, isto de acordo com técnicas de construção em terra estabilizada e barro, com arquitetura contemporânea. Existe ainda uma terceira casa de habitação mas neste momento está para recuperação com cerca de 78m² no qual pode ser usada para guardar lenha, ou se quiser, um espaço para os seus arrumos.

A primeira habitação que é denominada por Casa da Capela tem uma área de 260m² . A sala é muito ampla com 160m² toda envolvente em xisto e com o chão em pedra, tem uma lareira, cozinha com 50m² equipada com placa cerâmica, exaustor, dois lava loiças e um frigorífico, quarto com 16m² com acesso interior a partir da sala ou também pela escada exterior, tem 3 w.c com bases de duche feitas com pedras de xisto e do rio. Possui ainda um logradouro com 600m². Esta habitação tem uma fantástica caraterística que difere das outras, tem uma capelinha datada em 1772, a mesma vem referenciada no livro da Vila de Oleiros, tem também uma sacristia e tem 25m² e a mesma possui ainda um altar em madeira. O Patrono desta capela era S. João de Deus, da Ordem dos Hospitaleiros.No livro "Memórias da villa de Oleiros e do seu concelho", relatadas pelo Bispo d'Angra, D.João Maria Pereira d'Amaral e Pimentel, editadas no ano de 1881, faz-se referência à existência da Capela de S. João de Deus, em Vale das Ovelhinhas. A climatização da mesma quer no inverno como no verão é fantástica dada a construção antiga em pedra e a recente recuperação. A casa tem um forte magnetismo da terra o que valoriza imenso para a saúde e bem estar dos futuros proprietários. A entrada para a mesma é pela estrada e do lado oposto vai diretamente para o campo.

A outra habitação denominada por Casa de Xisto é mais pequena com uma área de 60m² com um pátio exterior com muros de pedra. O quarto tem 16m² , a sala 16m² e ainda tem uma cozinha e uma w.c. Tem um tanque para vários efeitos como refrescamento no verão, regas (...).

Esta quinta possui currais para os animais tais como: cabras, cavalos, póneis, galinhas, burros, mulas (...). Tem 150m² e feitos em pedra de xisto com telha de canudo antiga, vários bardos são de configuração circular, isto, de forma a que os animais circulem livremente para o bem-estar animal, os mesmos têm muito terreno para pastar.

Arrendamento ou venda.

Venha já conhecer a sua futura quinta, de certeza que é a solução ideal para SI.

Mapa

Mais anúncios de Soluções Ideais - Imobiliária