Logo
VoltarLoja para arrendarFaroLagoa (Algarve)Lagoa e CarvoeiroEspaço Comercial/Escritório, 81,50 m2, com Terraço (15 m2...

Espaço Comercial/Escritório, 81,50 m2, com Terraço (15 m2...

623 €
Lagoa e Carvoeiro, Lagoa (Algarve), Faro
8 €/m²
Espaço Comercial/Escritório, 81,50 m2, com Terraço (15 m2...

Acompanhamento Virtual

Video

Propriedades

Área útil (m²):
81,50 m²
Área bruta (m²):
96,50 m²
Condição:
Renovado

Descrição

Espaço Comercial/Escritório, 81,50 m2, com Terraço (15 m2 ), amplo e com muita luz, no Centro de Lagoa - Algarve
1 WC privado.
Prédio com 2 elevadores.

Estrategicamente localizado, próximo de Bancos, Conservatória, zona comercial e outros serviços de utilidade pública e de lazer (restaurantes e cafés).

Atendendo à sua situação geográfica, no centro do Algarve, entre Faro e Lagos, adapta-se a vários tipos de negócio, incluindo o alojamento de Startups.

Sugestões:
- Consultórios médicos;
- Escritórios de advogados;
- Salas de explicações/0rientação de estudos;
- Alojamento de Startups;
- Centros de Estética

Espaço comercial, com áreas generosas e com muita luz no centro (coração) de Lagoa, junto à rua principal de comércio.

CURIOSIDADES:

«... Muito antes das relatadas conquistas de D. Paio Peres Correia (1242–1246) as terras de Lagoa foram sendo conquistadas aos árabes e consequentemente integradas no reino de Portugal, ficando anexadas ao termo das terras de Silves.

Em meados de 1550, a pedido da rainha D. Catarina de Habsburgo, fixaram-se nessas terras os frades Carmelitas da Antiga Observância, e foi fundado um importante espaço monástico dessa mesma ordem religiosa: o Convento de Nossa Senhora do Carmo ...

Segundo fontes históricas o primitivo aglomerado de Lagoa terá nascido em redor de uma lagoa, cujos pântanos foram sendo secos com a finalidade de se criarem terras férteis e habitações onde os povos do império muçulmano acabaram por se instalar.

As potencialidades naturais desta região contribuíram decisivamente para actual estrutura económica assente nas seguintes actividades: agricultura, pesca, pequena indústria e turismo.

A actividade piscatória (das comunidades de Ferragudo, Benagil, Carvoeiro e Senhora da Rocha), a cultura da vinha (da Caramujeira e de Vale d'El Rei) e a tradicional cultura de sequeiro constituíam, até algumas décadas atrás, as principais fontes de receita do concelho ...

No entanto, a partir da década de 60, foi o turismo o principal impulsionador do desenvolvimento do concelho, criando as estruturas necessárias de apoio à dinamização do tecido económico, com importantes reflexos, no mercado de emprego, nomeadamente ao nível da criação de postos de trabalho. Rapidamente esta actividade se afirmou como motor da economia local, a grande alavanca do desenvolvimento, convertendo-se num marco permanente e estrutural da economia do concelho.
Destacam-se nesta área do turismo as zonas consideradas como mais luxuosas: Albandeira, Caramujeira e Monte Carvoeiro. A Praia da Marinha, por outro lado, tornou-se numa referência turística internacional.

Em paralelo com o turismo, foi crescendo todo um conjunto de actividades complementares, nomeadamente na área dos serviços, da construção civil, comércio e indústria.»
Wikipedia
Categoria Energética: Em processo

Características

  • Com WC
  • Elevador

Mapa

Relatório de preços praticados

Stores, Faro

Baseado nos preços dos anúncios activos no Imovirtual

Mais anúncios de Portugal Best Invest