Voltar à listaApartamento para arrendar
Lisboa (distrito)
Lisboa
Alcântara
Apartamento T2 para arrendar, sem móveis em Alcântara, Lisboa
Apartamento T2 para arrendar, sem móveis em Alcântara, Lisboa

Apartamento T2 para arrendar, sem móveis em Alcântara, Lisboa

2 500 €
Alcântara, Lisboa, Lisboa
21 €/m²

Acompanhamento Virtual

Video
Planta do Imóvel
Ver

Propriedades

Área útil (m²):
120 m²
Área bruta (m²):
120 m²
Tipologia:
T2
Casas de Banho:
2
Certificado Energético:
D
Condição:
Usado
nº de licença de utilização:
UT/2003/284

Descrição

Apartamento T2 com garagem, para arrendamento sem móveis, no condomínio Alcântara Rio, em Lisboa.
Situado numa zona tranquila, com uma vasta rede de transportes à disposição, próximo de comércio local, do Hospital CUF Tejo e com acessos facilitados à Marginal, às Docas e Avenida de Ceuta.

Este imóvel com 120 m2 de área bruta privativa, inserido em condomínio com dois elevadores e garagem, é composto por um hall de entrada (10 m2), uma sala (30 m2), cozinha equipada (15 m2) , corredor dos quartos (6 m2), uma suíte com pequeno closet (16 m2) com banheira de hidromassagem, quarto com roupeiro embutido (15 m2), casa de banho partilhada (6 m2) com banheira.

Este apartamento dispõe ainda de um lugar de estacionamento.

Características:

- Cozinha equipada
- Estores elétricos
- Porta segurança
- Vídeo porteiro
- Aquecimento central
- Pavimento chão flutuante
- Caldeira a gás
- Toalheiros aquecidos
- Um lugar de garagem


Imóvel com Licença de Utilização nº 284 emitida em 08/08/2003

Debruçada à beira do Tejo, Alcântara é hoje uma freguesia com uma área que se estende por 4,39 km2 e com uma população de 13.911 pessoas. A freguesia foi criada a 8 de Abril de 1770, com o nome de S. Pedro em Alcântara por se transferir para esta zona aquela que era até então a freguesia de S. Pedro em Alfama.
Frequentemente associada ao vocábulo árabe “Al‐quantãrã”, “a ponte”, a toponímia desde logo remete para a existência de uma ponte sobre a ribeira de Alcântara, hoje desaparecida.

Local com colinas e vales, Alcântara tinha recursos naturais existentes nas margens da ribeira e terras férteis que permitiam uma agricultura rica e variada, com muitas hortas nos vales aluviais, vinhos e cereais, além de pedreiras de calcário, com fornos de cal. Foram estas condições que fizeram que durante a ocupação muçulmana estes terrenos começassem a ser ocupados ainda que de uma forma dispersa. Foi, contudo, a partir do século XVIII que Alcântara passou a ter uma ocupação urbana, coincidindo com a data de criação da freguesia.

Os edifícios fabris de finais do século XIX e que tanto marcaram a vida dos alcantarenses nas primeiras décadas do século XX, foram, entretanto, abandonados. O processo de industrialização vivido por Alcântara na 2ª metade do século XIX, deu lugar, cem anos depois, ao processo inverso e uma profunda transformação social, sendo grande parte deles hoje edifícios de habitação e empresariais.

-PROP-026816

Características

  • Caldeira
  • Estores Eléctricos
  • Armário
  • Vista de cidade
  • Elevador
  • Aquecimento Central
  • Garagem (box)
  • Cozinha Equipada
  • Suite

Mapa

Relatório de preços praticados

Apartments T2, Lisboa

Baseado nos preços dos anúncios activos no Imovirtual

Mais anúncios de Quintela + Penalva | Knight Frank