Barómetro
Em Destaque

Barómetro. Preço das casas em setembro de 2023: venda e arrendamento

Como está o preço das casas para venda e arrendamento em Portugal? Neste barómetro vamos verificar como evoluiu a situação no mês de setembro de 2023, face ao mês anterior.

Quanto custa comprar uma casa em Portugal?

No que diz respeito ao preço médio de venda, verifica-se uma estabilização em setembro, comparativamente ao mês de agosto, havendo um aumento de 1%, fixando-se em 427.395€.

Os distritos que se destacaram com o maior aumento do preço médio de venda em setembro comparativamente ao mês anterior foram a Guarda, com um aumento de +6%, representando um valor de 131.955€ atualmente, Portalegre, com um aumento de +6%, num valor de 139.816€, e Castelo Branco, com um aumento de +4%, fixando-se em 144.441€. Embora estes distritos se tenham destacado neste aspeto, estes aparentam ser os locais mais baratos em Portugal no mês de setembro para comprar casa.

Lisboa, Faro e Setúbal foram, incontestavelmente, os distritos mais caros para comprar casa em setembro, com os respetivos preços de 639.541€, 619.966€ e 415.518€.

Em relação às ilhas, houve um aumento geral dos preços em setembro, comparativamente a agosto, sendo que a Ilha de São Jorge subiu 28%, tendo passado de um valor de 166.911€ para 214.056€, Ilha das Flores subiu 12% passando para 231.607€ e a Ilha da Graciosa aumentou 11%, fixando-se em 130.013€. Apesar da Ilha da Graciosa ter tido um dos maiores aumentos, manteve-se a ilha mais barata para comprar casa em setembro. Já o Funchal (552.267€) manteve-se o mais caro.

preço de venda de casas
casas para venda: preços

Quanto custa arrendar uma casa em Portugal?

Verifica-se que os distritos com o maior aumento da renda média em setembro foram Beja (+19%), Guarda (+19%) e Bragança (+14%), com valores fixos em 792€, 547€ e 511€ respetivamente.

Por outro lado, os distritos que apresentaram uma descida da renda média mais acentuada comparativamente a agosto foram, por ordem: Évora e Castelo Branco. O primeiro distrito desceu -9%, fixando-se em 769€. O segundo apresentou uma descida de -3%, fixando-se em 537€.

Os três distritos que se destacaram por serem os mais baratos para arrendar casa em setembro foram: Bragança, Castelo Branco e Portalegre com os respetivos valores de 511€, 537€ e 547€.
O distrito mais caro para arrendar casa, continua a ser Lisboa, com renda média acima de dois mil euros, fixando-se atualmente em 2.454€. Seguem-se Setúbal (1.448€), Faro (1.392€), Porto (1.339€) e Braga (1.001€).

arrendar casa
arrendamento: preços em portugal

Variação Anual: Setembro 2022 vs Setembro 2023

Constata-se que, de forma geral, tem-se verificado um abrandamento dos preços das casas. No entanto, em comparação com o período homólogo de 2022, que registou um valor médio de venda de 393 928€, houve um aumento de +8% para este ano, sendo que as casas estão quase trinta e quatro mil euros mais caras.

Comparativamente ao ano passado, existiu uma subida dos valores de arrendamento de forma geral em praticamente todos os distritos de Portugal, nomeadamente:

  • Leiria (+62%) – regista o maior aumento da renda média, que passa de 635€ para 1.026€;
  • Portalegre (+54%) – passa de 373€ para 575€;
  • Lisboa (+46%) – passa de 1 685€ para 2 454€;
  • Faro (+43%) – passa de 972€ para 1.392€;
  • Aveiro (+40%) – com uma subida de 677€ para 949€. 

Castelo Branco foi o único distrito que registou uma descida (-3%).

No que toca ao aumento dos preços das casas, o distrito que registou um maior aumento comparativamente ao ano anterior foi a Guarda (+29%), sendo que os valores subiram de 102.502€ para 131.955€. Destacam-se também os seguintes distritos pelas subidas que apresentam:

  • Beja (+24%), tendo subido de 148.346€ para 184.228€;
  • Portalegre (+23%), tendo subido de 113.637€ para 139.816€;
  • Leiria (+18%), tendo aumentado de 249.557€ para 293.572€.

Évora revela ser o único distrito que registou uma quebra do preço médio de venda, tendo passado de 277.947€ para 253.058€.

Lisboa por sua vez manteve-se estabilizada, fixando-se num valor de 639 541€.

Deixamos abaixo as tabelas com as variações dos preços das casas nos concelhos abrangidos por Lisboa e pelo Porto, para que confira as mudanças entre o ano de 2022 e o ano de 2023 nas Grandes Metrópoles.

Continue a acompanhar a evolução dos preços das casas para venda e arrendamento em Portugal nos barómetros mensais disponíveis no nosso Imoblog.

Botão Voltar ao Topo