BarómetroPreços das casas
Em Destaque

Barómetro. Preços das casas em abril de 2023: venda e arrendamento

Quanto custa arrendar uma casa em Portugal?

Relativamente ao valor médio de imóveis para arrendar, de março para abril regista-se uma subida de +22,3%, fixando-se em 1.757€. Este é o valor registado mais elevado até abril, após a estabilização que se verificava desde janeiro, quando a renda média rondava os 1.445€. Verifica-se ainda que, face a abril de 2022, em que a renda se fixava em 1.274€, houve um aumento na renda média de +37,9%, estando 483€ mais cara.

Os distritos com maior aumento da renda média em abril, face a março deste ano, são Lisboa e Bragança, com valores a subirem para 2.458€ e 478€, respetivamente.

Vila Real é o distrito que apresenta a maior descida da renda média em abril (-11,2%) em comparação com o mês de março, tendo descido de 589€ para 523€. Segue-se o Funchal, que teve um decréscimo de -0,5%, com uma renda média fixa em 1.076€.

Procura um sítio para arrendar casa? Os distritos mais baratos no mês de abril foram Bragança (478€), Portalegre (551€) e Beja (565€). Já os distritos mais caros continuaram a ser Lisboa, Porto, Setúbal e Faro, com renda média de 2.458€, 1.521€, 1.381€ e 1.336€, respetivamente. Nas tabelas abaixo pode confirmar estes valores, assim como os relativos aos restantes distritos de Portugal.

arrendar casa
arrendar casa em Portugal

Quanto custa comprar uma casa em Portugal?

Vamos a uma análise das variações nos preços das casas no último mês. Em comparação a março, verifica-se que o preço médio de venda em abril apresenta estabilização, fixando-se em 412.081€, mostrando uma ligeira subida de 2,56%.

Os distritos que se destacaram com um aumento no preço médio de venda em abril foram a Madeira e Castelo Branco (+4,2% em ambos, aumentando para 519.296€ e 137.226€, respetivamente), seguindo-se a Guarda e Setúbal com subidas de +3,8% e +3,3%, fixando-se nos valores de 115.750€ e 396.034€.

Por outro lado, o decréscimo mais acentuado verifica-se nos distritos de Évora (-1,76%), Vila Real (-1,22%) e Coimbra (-1,16%).

Quais foram os distritos mais caros para comprar casa em abril? Os mesmos de março: Lisboa (639.415€), Faro (591.658€) e Região Autónoma da Madeira (519.296€). Quanto aos distritos mais baratos, mais uma vez verifica-se que foram Guarda e Portalegre com os respetivos valores de 115.750€ e 118.978€.

Pode verificar nas tabelas abaixo quais são os valores médios e percentuais – e ainda os comparativos entre março e abril e variação com o período homólogo de 2022 – em todos os distritos de Portugal.

comprar casa
comprar casa em portugal

Variação Anual: Abril 2022 vs Abril 2023

Em comparação com o período homólogo de 2022, que registava um valor médio de venda de 391.465€, verifica-se um aumento de +5,3%, sendo que as casas aparentam estar 21 mil euros mais caras este ano.

Em relação ao mesmo mês de abril de 2022, os distritos que registaram maior aumento no preço das casas foram a Madeira (+26,4%), Santarém (+20,7%) e Beja (+17%), com os valores médios de 519.296€, 213.658€ e 166.554€, respetivamente.

Bragança volta a ser o distrito que apresenta maior quebra do preço médio de renda, face a abril de 2022 (-30,8%).

Notou-se também que, em relação a abril do ano passado, Lisboa (58,3%) foi o distrito com maior aumento de renda média, que subiu de 1.553€ para 2.458€. Seguem-se os distritos de Portalegre (+56,1%, onde sobe de 353€ para 551€) e de Leiria (+49,7%, onde sobe de 666€ para 997€). 

Conclui-se que, em comparação a abril do ano passado, arrendar casa tornou-se mais caro na maioria dos distritos. Face a abril do ano passado, apenas se registaram decréscimos da renda média em Bragança (-24,8%), Évora (-23,6%), Vila Real (-9,8%), Funchal (-4,7%) e Guarda (-2,8%). 

Continue a acompanhar o mercado imobiliário no nosso blog e fique atento ao barómetro do próximo mês!

Botão Voltar ao Topo