Se tem uma sala-de-estar pequena, não desespere. Com estas dicas garantimos que vai conseguir aproveitar o espaço útil ao máximo.

Toda a luz natural é bem-vinda: caso a sua sala tenha janelas grandes, não as bloqueie com cortinados escuros e opacos – erro crasso! As cores mais claras e cruas são a opção ideal para cobrir qualquer janela, de forma a maximizar toda a luz a que tem direito. 

 

Escolha uma peça statement: sala pequena não é sinónimo de uma sala sem personalidade. Muito pelo contrário... selecione uma peça particular de que realmente goste (seja um candeeiro grande vintage, um tapete super colorido e grande) e depois é só adaptar a restante decoração para que essa peça especial possa brilhar.

 

Quando o espaço é pouco é hora de ser criativo: se não tiver espaço para um escritório, além da sala, combine os dois! À parede acrescente uma mesa que possa rebater quando não precisar. Aí pode ter o seu canto para trabalhar.

 

O rolls royce de uma sala pequena? Tetos altos: se tem esta grande vantagem em casa então tem mesmo de tirar proveito dela. Acentue as janelas e pendure os cortinados bem mais acima do que a moldura da janela; nas paredes aposte num papel de parede claro... et voilà, a sua sala duplica de tamanho. Com espaço em altura, aproveite o espaço por cima das portas para criar estantes/móveis para arrumação.

 

Crie uma galeria de arte em altura: se tencionar pendurar quadros, então o teto é o limite, literalmente! Quando pendurar quadros não se acanhe de os pendurar bem alto.

 

Caso queira aproveitar estas dicas para fazer mudanças mais profundas, saiba para que remodelações necessita de autorização especial, e quais é que pode aplicar livremente.