Mercado Imobiliário em Números: 2º trimestre de 2020

14 julho 2020

De imovirtual

Mercado Imobiliário em Números: 2º trimestre de 2020

A presente análise compara os preços médios anunciados no Imovirtual do segmento venda e arrendamento de apartamentos e moradias do 1º Trimestre de 2020 com o 2º Trimestre de 2020.

 

VENDA | Apartamentos e Moradias

Comparando o 2º Trimestre de 2020 com o 1º Trimestre de 2020:

·   O preço médio anunciado de venda de apartamentos e moradias aumentou 1%, passando o preço médio de 352.684€ no 1º trimestre para 354.767€ no 2º trimestre

·   Vila Real foi o distrito com o maior crescimento de preço médio anunciado.  Registou um aumento significativo de 3%, passando de 170.989€ no 1º trimestre para 176.236€ no 2º trimestre.  

TOP 5 - MAIOR PREÇO | Distritos com maior preço médio anunciado no segmento de venda:

 

·      Lisboa, que ocupa o 1º lugar do top de cidades mais caras para comprar apartamento ou moradia, apresenta um preço médio de 568.772€ . 

·       O Porto é o 4º classificado dos distritos com maior preço médio anunciado no segmento de venda (317.666€) e registou um aumento 2% comparativamente ao 1º Trimestre de 2020.

·       Faro, que ocupa a 2º posição no ranking apresenta um preço médio anunciado de 461.719€,  demonstrou um crescimento de 3% face ao período anterior analisado e uma variação de 23% inferior ao valor médio anunciado em Lisboa. 

·       Em 3º lugar do TOP5 dos distritos com maior preço médio anunciado no segmento de venda, encontra-se a Madeira com um crescimento de apenas 0,02% (332.693€)

·       Setúbal encontra-se em 5º lugar com um crescimento do preço médio anunciado de 2% (292.289€).

TOP 5 – MENOR PREÇO | Distritos com menor preço médio anunciado no segmento de venda:

 

·       Castelo Branco lidera o top de distritos com menor preço médio anunciado (119.487€) na categoria de venda de apartamentos e moradias e apresentou um ligeiro crescimento de 0,06% face ao 1º Trimestre deste ano. 

·       Guarda demonstrou um decréscimo do preço médio anunciado de 4% (125.930€), ocupando o segundo lugar.

·       Portalegre que ocupa a 3ª posição, sofreu um decréscimo percentual acentuado no 2º Trimestre de 2020, de 5% (126.738€)

·      Beja que ocupa o 4º lugar, sofreu um decréscimo percentual de 3% (127.187€).

.    Santarém que ocupa o 5º lugar, verificou uma aumento do preço médio anunciado entre os 2 períodos analisados de 1%(154.284€).

ARRENDAMENTO | Apartamentos e Moradias

Comparando o 2º Trimestre de 2020 com o 1º Trimestre de 2020 ao nível do arrendamento:

·   O preço médio anunciado de arrendamento de apartamentos e moradias teve uma queda de 4%, de 1.190€ para 1.149€.

.           Beja foi o distrito com o maior crescimento de preço médio anunciado.  Registou um aumento significativo de 36%, passando de 454€ no 1º Trimestre para 618€ no 2º Trimestre de 2020.  

TOP 5 - MAIOR PREÇO | Distritos com maior preço médio anunciado no segmento de arrendamento:

 

·   Lisboa lidera o top de distritos com maior preço médio anunciado no segmento de arrendamento de apartamentos e moradias (1.478€), todavia sofreu um decréscimo de 4% face ao 1º trimestre de 2020.

·   O Porto apresentou uma queda no preço médio anunciado de 8% (1.015€).

·   Setúbal registou um preço médio anunciado de 895€, mas também ele com um decréscimo percentual de 1% face ao 1º Trimestre de 2020.

·   No Top 5 de maior preço, o distrito de Faro apresentou um crescimento do preço médio anunciado de 6% e, pelo contrário, Madeira refletiu um decréscimo de preço médio anunciado de 4%.

TOP 5 – MENOR PREÇO | Distritos com menor preço médio anunciado no segmento de arrendamento:

·   Portalegre é o distrito com menor preço médio anunciado de imóveis para arrendar (339€). 

·   Os distritos do Top 5 com menor preço médio de arrendamento, à exceção de Bragança que apresentou uma subida de 7% (433€), demonstraram uma descida percentual relativamente ao período em análise anterior.

·   A respeito do distrito da Guarda observou-se uma estabilidade dos preços (349€).

·Castelo Branco e Vila Real apresentaram uma queda de preço médio anunciado significativo de 5% e 10% respetivamente.

Ultima actualização: 07 agosto 2020

Partilhar