O que é a área útil de um imóvel?

21 July 2022

By IMOVIRTUAL

O que é a área útil de um imóvel?

Quando começamos à procura de casa e consultamos os anúncios de venda deparamo-nos com uma série de conceitos difíceis de distinguir. Entre eles estão os diversos parâmetros pelos quais se pode classificar a área de um imóvel: área bruta dependente, área bruta privativa, área útil... quais são afinal as diferenças? Qual a diferença entre área útil e total? Ou qual a diferença entre área útil e privativa? Muitas vezes a informação é pouco clara e até contraditória. Recentemente falámos aqui sobre o conceito de a área bruta dependente de um imóvel. Continue a ler o artigo e ficará a perceber de uma vez por todas o que é a área útil, como calcular a área útil de um imóvel, ou em particular, como calcular área útil de um apartamento, de um terreno ou de um armazém, assim como outras dúvidas relacionadas com esta temática, como por exemplo: “varanda é área útil? Uma escada é área útil? Uma piscina é área útil?”.

O que é afinal a área útil de um imóvel? Como calcular a área útil?

Dá-se o nome de área útil à soma das áreas das várias divisões da casa, medidas pelo perímetro interior das paredes (ou seja, não incluindo a área das paredes). Posto isto, à questão: “área útil inclui paredes?” ficamos a saber que não. Assim, esta contabilização dá-nos conta do espaço efetivo que temos disponível no interior da casa.

Na área útil inserem-se halls e corredores, despensas e outros compartimentos de arrumação, como os roupeiros embutidos. A mesma mede-se pelo perímetro interior das paredes que limitam a habitação, sem contabilizar as paredes interiores. As varandas e terraços não se incluem na área útil de uma habitação. Simplificando, é o espaço interior que temos para circular, mobilar e viver.

planta de interiores é o documento que mais facilmente nos permite apurar qual a área útil de um imóvel. Somando as áreas de todas as divisões encontramos a área útil. 

Em termos legais a área útil de uma habitação é um conceito que vem definido no RGEU (Regulamento Geral das Edificações Urbanas), nº2 artº 67º, que a descreve como: “A soma das áreas de todos os compartimentos da habitação, incluindo vestíbulos, circulações interiores, instalações sanitárias, arrumos, outros compartimentos de função similar e armários nas paredes, e mede-se pelo perímetro interior das paredes que limitam o fogo, descontando encalços até 30 cm, paredes interiores, divisórias e condutas”.

As empresas de mediaçao imobiliaria tem de indicar, entre outras informaçoes, a area util de um imovel.

 Áreas que contam para o cálculo da área útil: 

  • Salas;
  • Quartos;
  • Corredores;
  • Halls;
  • Cozinhas;
  • Casas de banho;
  • Varandas fechadas;
  • Caves;
  • Sótãos;
  • Vestíbulos e arrumos.

Áreas que NÃO contam para o cálculo da área útil:

  • Varandas abertas;
  • Terraços;
  • Garagens;
  • Arrecadações;
  • Alpendres;
  • Piscinas;
  • Jardins.

As varandas e terraços abertos nao contam para a mediçao da area util.

Qual a diferença entre área útil e área bruta privativa?

Dois dos conceitos que apresentam mais dúvidas são os de área útil versus área bruta privativa. De facto, a diferença não é muito acentuada, uma vez que a área bruta privativa, à semelhança da área útil, também não considera espaços como varandas abertas, terraços e garagens.  A diferença está na contabilização das paredes, quer externas, quer internas da habitação. 

Assim, o Código do Imposto Municipal sobre Imóveis (CIMI) define área bruta privativa como sendo “a superfície total medida pelo perímetro exterior e eixos das paredes ou outros elementos separadores do edifício ou da fração, incluindo varandas privativas fechadas, caves e sótãos privativos com utilização idêntica à do edifício ou da fração”. 

Onde posso encontrar informação sobre a área útil de um imóvel?

A informação sobre a área útil pode ser consultada na certidão do registo predial, onde consta tudo acerca do imóvel. Adicionalmente pode consultar também a caderneta predial, a planta de interiores e a ficha técnica da habitação. O Certificado Energético é mais um documento que deverá ter a indicação da área útil da casa.

Uma vez que no mercado imobiliário o “barómetro” dos preços é feito pelo valor do m2, convém saber que área está a ser utilizada para fazer esse cálculo. Dominar estes conceitos é fundamental na compra, venda ou construção de uma casa, pois as áreas influenciam diretamente o valor dos imóveis. Comprar ou construir um apartamento T2 com 90m2 é diferente de quando ele tem 130m2 e, no entanto, ambas as medidas podem ser verdadeiras para uma mesma casa, consoante o tipo de área que se está a contabilizar.

Para poder fazer uma compra realmente informada ,de algo tão importante como uma casa, solicite sempre a documentação de um imóvel antes de apresentar qualquer proposta de compra.

Agora que já sabe tudo sobre a área útil de um imóvel, consulte aqui os nossos imóveis disponíveis e encontre um imóvel à sua medida!

Last update: 21 July 2022

Share