Logo
Go backhouse for saleVila RealMontalegreFerralPropriedade com acesso ao Rio junto á Ponte da Misarela ou Ponte do D

Propriedade com acesso ao Rio junto á Ponte da Misarela ou Ponte do D

175 000 €
Ferral, Montalegre, Vila Real
1 750 €/m²
Propriedade com acesso ao Rio  junto á Ponte da Misarela ou Ponte do D

Remote service

Movie

Overview

Net area (m²):
100 m²
Gross area (m²):
29 000 m²
Investment:
no
Typology:
T3
Construction year:
1937
Bathrooms:
3

Description

Propriedade com 28161 m/2 de terreno e 100 m/2 de moagens e corte designado com o emblemático e conhecido nome Canal da Misarela.
Canal este situado junto à belíssima ponte da Misarela . Esta propriedade terá como principal interesse turismo e/ou exploração hídrica ou agrícola.
com características e potenciais elevados, derivado à sua beleza e força das águas. Datada de 1952. A propriedade esta ligada a um imóvel, referencial no Concelho de Vieira do Minho e classificado de Interesse Público, denominado Ponte da Misarela,
erguida na idade média e reconstruída no inicio do século XIX, cuja construção esta associada a uma lenda. A propriedade dispõe de dois artigos, Um Urbano e um Rustico
importa identificar quais os elementos que diferenciam esta propriedade cheia de Historia e com excelentes recursos, além da Turismo com bastante afluência todo o ano, tem também recursos recursos hídricos (gerar eletricidade ou outros ) e recursos agrícolas.
A dimensão e extensão do canal, associado à inserção geográfica e disponibilidade de água, representa uma mais valia que poderia ser alvo de exploração, em áreas tais como a truticultura.
importa identificar quais os elementos que diferenciam esta propriedade, com os imóveis não só desta região como de outras zonas do País:
Nos anos 30, funcionou nesta propriedade uma central hidroeléctrica, que fornecia electricidade às minas da borralha.
A central foi submersa pelas águas da albufeira de Salamonde, tendo subsistido um canal, açude e comportas de dimensão considerável, tudo em razoável estado de conservação, tal a qualidade de materiais com que foram edificados. O qual foi posteriormente utilizado para funcionamento de dois moinhos.
A propriedade esta orientada a Sul, estando limitada pela Ponte da Misarela, pelo canal, a Norte (curva de nível 300) e pelo Rio Rabagão, albufeira de Salamonde (curva de nível 270).
O canal possui uma extensão de aproximadamente 520 metros, de margens com o Rio com desenvolvimento a partir do açude, junto à ponte da Misarela.
Ao longo da crista da parede deste canal, existe um acesso pedonal, muito precário, cuja utilização limita-se para manutenção de tal infra-estrutura.
Fruto da orientação solar e implantação no vale, proporcionador de temperaturas moderadas, que proporcionaram ao longo dos anos que desta quinta fossem extraídos diversos produtos, de entre os quais, azeitona, maças, peras, laranjas e produtos hortícolas.
A Lenda :
A fábula do diabo resume-se assim: um fugitivo, com a autoridade no encalço, depara-se com o intransponível rio. Encurralado, evoca o diabo para o ajudar a atravessar, e em troca oferece-lhe a alma. O demo aceita de imediato o pacto e do nada faz aparecer uma ponte de pedra, que o fugitivo atravessa, mas que logo depois rui com estrondo, impossibilitando os perseguidores de passar.
Mais tarde, o homem arrepende-se de ter vendido a alma ao diabo e procura um padre para o ajudar. O sacerdote, engenhoso, dirige-se ao local onde o fugitivo atravessara o rio, evoca também o mafarrico, promete-lhe a alma, e a ponte reaparece. Nesse momento o padre retira uma caldeirinha de água benta, que trazia escondida nas vestes, asperge a ponte e recita a ladainha dos exorcismos. O diabo foge espavorido, deixando intacta a ponte que ainda hoje lá está.
A ponte da Misarela não deve ser conhecida apenas pela sua lenda nem por ser um sítio de beleza admirável ou simples cartaz turístico. É um local histórico que nos honra como povo amante da liberdade e cioso do seu sagrado chão. As numerosas forças napoleónicas foram aqui acossadas, na muito tempestuosa noite de dezasseis de Maio de 1809, às mãos de 800 paisanos barrosões, que esperaram em vão a chegada de reforços, porque as tropas anglo — portuguesas de Wellesley nunca chegaram.
A ponte deve também ser recordada porque lá se deu, em 25 de Janeiro de 1827, um recontro importante entre as tropas realistas do general Silveira e as tropas constitucionais do coronel Zagalo.

Additional info

  • Equipped kitchen
  • Fence
  • Terrace
  • Fruit trees

Map

Offer price report

Houses T3, Vila Real

Based on prices from Otodom service

More ads from Century 21 Nopi