5 500 000 €
  • T10 ou superior
  • 4 ou mais
  • 636 m²
Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada-Dafundo, Oeiras, Lisboa
Anúncio Agência

2 prédios urbanos com terreno, destinados a habitação, com 1482,39 m2

Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada-Dafundo, Oeiras, Lisboa
5 500 000 €
8 648 €/m²
  • 1/15
  • 2/15
  • 3/15
  • 4/15
  • 5/15
  • 6/15
  • 7/15
  • 8/15
  • 9/15
  • 10/15
  • 11/15
  • 12/15
  • 13/15
  • 14/15
  • 15/15
Anúncio Agência
Reis ,João
919

Propriedades

  • Área útil (m²): 636 m²
  • Área bruta (m²): 636 m²
  • Área de terreno (m²): 1 482 m²
  • Tipologia: T10 ou superior
  • Ano de construção: 1938
  • Casas de Banho: 4 ou mais
  • Certificado Energético: E

Descrição

PIP ou PEDIDO DE INFORMAÇÃO PRÉVIA para 5.130m2 de habitação e 366m2 de comércio, em vias de aprovação.

O Pip, ou Pedido de Informação Prévia, foi revisto em Setembro de 2018.


O novo empreendimento destinado ao uso habitacional irá localizar-se num terreno junto à Avenida da República, em Algés, município de Oeiras.


O lote será dividido em três parcelas (cf. Quadro nas imagens), dedicadas a habitação com estacionamento e arrumos.



Foi realizado um Estudo de Tráfego em Maio de 2018:

O empreendimento cumprirá com os índices de estacionamento especificados e o projecto de arquitectura prevê uma oferta de estacionamento no interior do lote de 89 lugares de ligeiros em cave distribuídos por 3 pisos, cerca de 30 lugares por piso, e de 6 lugares de ligeiros públicos no exterior dos edifícios.

O acesso ao parque de estacionamento em cave do empreendimento será realizado através da Avenida da República, permitindo entradas em ambos os sentidos, e saídas apenas com viragem em mão.


Tendo em conta o regulamento do Plano Director Municipal de Oeiras, a necessidade legal total é de 88 lugares de estacionamento.

oferta definida no projecto é de 89 lugares.

Os lugares serão de acesso restrito, sendo que a hipotética utilização pública seria sempre bastante condicionada devido à largura das rampas de circulação, que resulta de limitações construtivas relacionadas com o tamanho do lote.

Serão disponibilizados no exterior do lote 6 lugares de estacionamento público.

O decreto-lei n.º 163/2006 define que o número de lugares reservados para veículos em que um dos ocupantes seja uma pessoa com mobilidade condicionada deve ser de 3 lugares em espaços de estacionamento com uma lotação compreendida entre 26 e 100 lugares. O projecto de arquitectura prevê a afectação de 3 lugares a pessoas com mobilidade condicionada.


A determinação das necessidades funcionais de estacionamento associadas ao uso habitacional baseia-se na consideração do pressuposto de que em cada habitação as necessidades funcionais médias não ultrapassarão os dois lugares de estacionamento por fogo.

De acordo com o projecto de arquitectura estão previstos 29 fogos no loteamento, pelo que se estimou uma necessidade máxima de 58 lugares de estacionamento.

Assim, a oferta definida no projecto de 89 lugares é superior à necessidade máxima funcional obtida, apresentando uma reserva de capacidade de 31 lugares.


PREVISÃO DE ALTERAÇÕES NA VIA PÚBLICA

Associado à construção do empreendimento, prevê-se a reformulação da Avenida da República no trecho entre a intersecção com a Rua Ernesto da Silva e o entroncamento com a Rua João Chagas, com o alargamento para duas vias no sentido norte-sul, sendo que uma das vias permitirá apenas viragens à esquerda e a outra apenas viragens à direita para a Rua João Chagas.


ACESSIBILIDADE EM TRANSPORTE COLECTIVO

A zona onde se irá localizar o empreendimento encontra-se actualmente servida pelos serviços rodoviários do operador Vimeca (linhas: 2 e 114), com paragens na proximidade do futuro empreendimento.

A envolvente directa ao empreendimento encontra-se servida por transportes colectivos. Não obstante, é de prever que a repartição modal venha a ser bastante favorável ao transporte individual, dada a existência de boas condições de circulação em transporte individual, a disponibilidade de estacionamento no interior do lote do empreendimento e o uso habitacional previsto para o empreendimento.


O tráfego gerado pelo futuro empreendimento conduzirá apenas a um ligeiro aumento e não haverá uma degradação significativa das condições de circulação devido à construção do empreendimento, comparando com o cenário existente à data da realização do estudo.


Multimedia


    Características

    • Condomínio fechado
    • Estacionamento
    • Vista de mar
    • Vista de rio
    • Varanda
    • Acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada
    • Elevador

    Mapa


    Mais anúncios de Blue Select - Mediação Imobiliária, Lda


    Id do anúncio no Imovirtual: 15049466
    Referência interna: 1208-1049
    Data de criação: 10 days ago
    Data de modificação: 12 hours ago
    Reportar este anúncio
    • Agência Imobiliária
    • Blue Select - Mediação Imobiliária, Lda
      Licença AMI:12352
    • Blue Select - Mediação Imobiliária, Lda
    • 211
    • Av. Duque de Loulé, n24 A, 1050-085, Arroios, Lisboa
    • Veja todos os imóveis da agência
    Ligar